Ivinhema - MS, quinta-feira, 29 de junho de 2017

10º min
26º min



Publicado em: 01/12/2011 às 05h02

Emílio Surita: 'As Panivéias foram para a Record'


O fuxico - Redação

Em 2011 o Pânico na TV, da RedeTV!, perdeu três das principais panicats do programa -- Dani Bolina, Juju Salimeni e Nicole Bahls --, sendo que duas delas já está contratadas pela Record. Além disso, duas delas se envolveram em uma grande briga que foi notícia em toda a mídia. Mesmo com estes problemas, Emílio Surita, o comandante da equipe, diz que não se arrepende nem um pouco de ter dado um grande destaque para as meninas.

"A Juju, por exemplo, é uma que hoje todo mundo conhece, está na capa de revista... Não me arrependo de tê-las colocado como protagonista. Gosto de todas elas".

Para o próximo ano, o apresentador diz que ainda não tem nada certo se vão entrar novas assistentes de palco para o Pânico e muito menos sabe se Nicole Bahls -- que está suspensa até segunda ordem -- volta para o programa.

"As panivéias foram pra Record. Não tem nada acertado ainda sobre as panicats. A Nicole tem um contrato e está trabalhando na RedeTV!. Não tem nada certo ainda para ela voltar no ano que vem. Vamos decidir, acho que, em janeiro, já que vamos sair de férias dia 18 e voltamos dia 25 de janeiro".

Sobre a possibilidade das panicats terem um contrato mais longo a fim de garantir sua permanência no humorístico, Emílio descarta. Ele destaca que oferece trabalho para elas e que a verba da emissora é baixa.

"Não é uma questão de contrato, é trabalho. Não tem como ter cinco meninas e pagar um salário muito grande para todas elas com um contrato. Nossa verba não é muito grande. Não sei quanto elas ganhavam, mas nenhuma se arrependia já que tinha uma visibilidade, ia fazer festas...", explica.

Em 2011 os integrantes do Pânico também foram proibidos de dar entrevistas falando sobre o programa, mas o apresentador explica que isso é uma questão puramente de preservar o conteúdo e não ser copiado pela concorrência.

"Pode parecer arrogância, mas não é!  Antes a gente divulgava o que ia fazer e a concorrência roubava a ideia. Um exemplo foi quando fomos para os Estados Unidos fazer uma matéria com o Justin Bieber e o Fantástico foi lá e colocou no ar meia hora antes. Então a gente não pode divulgar por isso. Tem um lado ruim, mas a gente tem de esconder".

Filhos na TV

Emílio está comemorando que seu filho caçula, Dudu, vai ganhar um reality show na tela da RedeTV! que ainda não tem previsão de quando vai entrar no ar. O pai, orgulhoso, diz que prefere não se meter no trabalho do rapaz, mas afirma que se ele precisar de algumas dicas estará lá para ajudar.

"Eu não acompanhei o piloto porque sou pai e já tenho essa função chata, mas ele está com um baita diretor, a Mônica PImentel, então acho que ele está bem. Não dou conselhos, a não ser que ele me peça. Quando me pedir, dou um toque... Mas a molecada é muito mais esperta que a gente."

Já o outro filho, Eric Surita está bem encaminhado apresentando a TV Globinho, na Globo, ao lado de Letícia Medrano. Emílio relembrou como seu primogênito entrou no mundo artístico:

"Ele fez um teste aqui em São Paulo para a oficina de atores, foi pra lá dizendo que ia entrar na TV Globinho... Não que eu tenha sido o último a saber. Ele estava fazendo jornalismo e uma escola de atores aqui em São Paulo e foi para lá fazer essa oficina. Aí o chamaram para fazer as cabeças da TV Globinho".