Ivinhema - MS, quarta-feira, 23 de agosto de 2017

10º min
26º min



Publicado em: 18/03/2015 às 13h45

Facebook vai permitir troca de dinheiro entre usuários

Segundo o Facebook, a novidade será lançada nos próximos meses apenas aos moradores dos Estados Unidos


- Terra 

Uma das grandes vantagens do serviço de pagamento do Facebook é que ele utiliza cartões de débito com bandeira Visa ou MasterCard. (Foto: Facebook - Facebook

O Facebook confirmou nesta terça-feira (17) que os usuáriosnos Estados Unidos poderão enviar dinheiro para amigos e parentes via serviçode mensagens instantâneas da rede social, o Messenger. A informação de que aempresa de Mark Zuckerberg estava testando a novidade financeira apareceu emoutubro, mas agora foi confirmada.


Segundo o Facebook, a novidade será lançada nos próximos meses.

No sistema, o usuário que desejar mandar dinheiro para um amigo precisa começaruma conversa, clicar no ícone $ e digitar a quantia desejada. Paraterminar a transação, basta clicar em pagar (em inglêsPay).

Para receber é ainda mais simples. O receptor deve abrir a conversa, clicar emadicione o cartão (em inglês add card) e pronto - odinheiro será aceito por meio do cartão.

Rede de segurança e disponibilidade

Durante o desenvolvimento da ferramenta, a companhia americana investiupesadamente em segurança. O sistema de segurança é criptografado, possuicamadas de proteção de software e hardware, e as informações são armazenadas etransmitidas em locais fora dos servidores da rede social. E com padrõescomparáveis aos utilizados pelo setor financeiro.

Uma das grandes vantagens do serviço de pagamento do Facebook é que ele utilizacartões de débito com bandeira Visa ou MasterCard. Quando a grande maioria dosserviços online  (PayPal, Apple Pay e Samsung Pay) pedem o registro docartão de crédito, ou seja, na rede social o usuário pagará tarifas menores.

A nova modalidade ainda conta uma equipe de especialistas em fraude paraanalisar qualquer tentativa de fraude.

A funcionalidade estará disponível para tablets e smartphones com o sistema,Android e iOS, além de computadores com acesso à internet. No sistema da Apple,os usuário ainda poderá cadastrar o leitor biométrico (de digitais) como outracamada de proteção.