Ivinhema - MS, domingo, 22 de julho de 2018

10º min
26º min



Publicado em: 03/10/2016 às 18h00

'É crime': internauta coloca arma à venda em site e provoca debate

Enquanto uns criticavam, outros defendiam o anúncio


- Midiamax

Foto: Facebook - Reprodução

Enquanto uns criticavam, outros defendiam o anúncio

Anúncio de um revólver oferecido em um grupo de vendas e trocas de carros e motocicletas com documentações irregulares gerou polêmica no Facebook na manhã desta segunda-feira (3). A publicação foi feita por volta das 11h20 e em uma hora havia mais de 470 comentários. 

 

O revólver foi colocado à venda por R$ 1.500,00. O autor do anúncio também informou que aceitava troca.

 

A publicação gerou discussões sobre a venda de armas. Enquanto alguns criticavam, outros defendiam e chegavam a fazer propostas. Em um dos comentários um internauta ofereceu R$ 1.800,00 pela arma. 

 

A publicação foi excluída do grupo. A equipe de reportagem não conseguiu falar com o autor do anúncio.

 

Questionado a respeito do fato, o delegado titular da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, Rodrigo Vasconcelos Braga, diz que até o momento não foi registrada nenhuma denúncia sobre o fato. 

 

O delegado explica que esse tipo de publicação deve ser informada para que a Polícia Civil possa investigar e afirma ainda que caso seja comprovado que o vendedor não tem porte, poderá ser autuado por posse ilegal de arma de fogo, além de incitação e apologia ao crime. 

 

Conforme o artigo 17 quem adquirir, alugar, receber, transportar, conduzir, ocultar, ter em depósito, desmontar, montar, remontar, adulterar, vender, expor à venda, ou de qualquer forma utilizar, em proveito próprio ou alheio, no exercício de atividade comercial ou industrial, arma de fogo, acessório ou munição, sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar pode ser autuado por comércio ilegal de arma de fogo. A pena é de quatro a oito anos de reclusão e multa.

 

Já a incitação e apologia ao crime, estão previstos nos artigos 286 e 287 do Código Penal. A pena varia de três a seis meses de detenção ou multa a ser definida. Denúncias sobre apologia ao crime e venda ilegal podem ser feitas na internet NESTE LINK