Ivinhema - MS, sexta-feira, 17 de novembro de 2017

10º min
26º min



Publicado em: 21/02/2017 às 09h52

Sete deve ter time cauteloso contra Sport nesta quarta-feira


Assessoria

Foto: Divulgação

A delegação do Sete de Dourados iniciou viagem para Recife na madrugada desta quarta-feira com chegada prevista apenas para o final da tarde. O campeão estadual enfrenta o Sport-PE pela segunda fase da Copa do Brasil e sonha em surpreender na Ilha do Retiro. O técnico Mauro Marino relacionou 18 jogadores para a primeira partida do clube contra um adversário da Série A do Campeonato Brasileiro, mas, como era de se esperar, ensaia uma equipe com maiores cuidados defensivos.

 

No único treino que realizou nesta segunda, no Centro de Treinamento, Marino testou formações diferentes, uma com Jéferson e Pablo no ataque e outra com o meio mais fechado e apenas um atacante como referência. Na defesa, Binho, que fez seu primeiro jogo como titular no empate com o Urso, em Mundo Novo, segue ao lado de Ramon Baiano, novo dono da braçadeira de capitão.

 

No gol, Wendell assume a titularidade após o afastamento de Alan Tobias, que alegou problemas particulares para deixar o clube. Camurça, goleiro que defendeu o Misto em 2016, já se apresentou e a contratação de outro nome para a posição não está descartada.

 

Além da força do adversário, o técnico está preocupado também com a falta de tempo de preparação por causa da sequência de jogos. “O Sport jogou no sábado, descansou, treinou normalmente e joga em casa, sem se preocupar com deslocamentos. Infelizmente nós não teremos esse luxo”, lamenta Mauro Marino.

 

De acordo com o regulamento da Copa do Brasil, em caso de empate nos 90 minutos, o classificado para a fase seguinte será definido nas cobranças de pênaltis e enfrenta quem avançar do confronto entre Portuguesa-SP e Boavista-RJ.