Ivinhema - MS, quarta-feira, 16 de agosto de 2017

10º min
26º min



Publicado em: 26/04/2017 às 15h46

DEODÁPOLIS: MP instaura inquérito para apurar “gastança” de R$ 40 mil de vereadores

Portal da transparência foi tirado do ar


Midiamax

Foto: Divulgação

Vereadores de Deodápolis

O Ministério Público Estadual instaurou hoje em Deodápolis um inquérito para investigar as possíveis irregularidades no pagamento de mais de R$ 40 mil e diárias para os nove vereadores da cidade que até sexta-feira estarão em Brasília participando da Marcha Nacional dos Vereadores.

 

Segundo o promotor Willlian Marra Silva Júnior o inquérito foi aberto depois que o Midiamax publicou uma matéria sobre o fato. O presidente da Câmara, Marcio Teles autorizou a liberação de R$ 40.078,80 em diárias sendo R$ 4.453,20 para bancar as despesas de viagem durante os quatro dias de permanência em Brasília.

 

Depois da denúncia feita pelo Midiamax, o presidente da Câmara retirou do ar as informações sobre as diárias que estavam publicadas no Portal da Transparência mas hoje à tarde voltou a funcionar normalmente.

 

Além disso, Marcio Teles mandou publicar em sites de notícias da região uma reportagem onde afirma que “os Vereadores também levaram em mãos 12 indicações aprovadas na ultima sessão do Legislativo com diversos pedidos a Deputados e Senadores”. Junto com o texto sobre a viagem à Brasília Marcio Telles mandou publicar uma foto dos vereadores em frente ao portão de acesso ao evento.