Ivinhema - MS, terça-feira, 23 de janeiro de 2018

10º min
26º min



Publicado em: 05/05/2017 às 14h06

Ordem de equipe marcou a única ultrapassagem registrada no GP da Rússia

Ultrapassagem de Wehrlein em Ericsson foi a única efetuada na pista de Sochi. Entretanto, ocorreu graças a ordem da Sauber. Em 2016, GP da Rússia contou com 29 ultrapassagens


- Globo Esporte

Foto: Globo Esporte

Ultrapassagem de Wehrlein em Ericsson foi a única efetuada na pista de Sochi. Entretanto, ocorreu graças a ordem da Sauber. Em 2016, GP da Rússia contou com 29 ultrapassagens

Apesar da inédita vitória de Valtteri Bottas em Sochi, o GP da Rússia não foi dos mais movimentados e emocionantes. Com exceção das ultrapassagens na largada, incluindo as do finlandês sobre Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen, a única ultrapassagem registrada na pista ao longo da corrida foi a de Pascal Wehrlein sobre Marcus Ericsson. Ou pelo menos foi isso que as estatísticas registraram.

 

Segundo informações do site alemão "Auto-motor und Sport", existe aí uma curiosidade interessante. A ultrapassagem do germânico sobre o sueco de fato aconteceu na pista, porém, foi uma ordem dada pela equipe Sauber. Um olhar mais apurado na tabela de tempos mostra que Ericsson perdeu dois segundos na volta em que foi superado por Wehrlein. O alemão, por sua vez, não perdeu nenhum tempo para ultrapassar o companheiro de equipe. O site alemão esclarece que como Ericsson e Wehrlein pararam nos boxes durante o safety car, o sueco ganhou a posição do companheiro durante os pit stops. Daí a equipe ter dado a ordem para que Ericsson devolvesse a posição.

 

Após as mudanças nas regras da Fórmula 1 para 2017, grande parte dos pilotos reclamaram da dificuldade de se ultrapassar com os novos carros. Os bólidos estão mais largos, com pneus maiores, o que gera maior pressão aerodinâmica, promovendo turbulência na traseira, e aumentando a dificuldade para se ultrapassar. Como efeito de comparação, o GP da Rússia do ano passado contou com 29 ultrapassagens.