Ivinhema - MS, terça-feira, 22 de agosto de 2017

10º min
26º min



Publicado em: 29/05/2017 às 08h34

MPE-MS abre inquérito por suspeita de nepotismo cruzado em prefeitura


Midiamax

Foto: Divulgação

Prefeito Edson Takanozo

O MPE-MS (Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul) instaurou um inquérito civil contra o prefeito de Anaurilândia, Edson Stefano Takazono (PMDB), por suposta prática de nepotismo cruzado.

 

De acordo com o processo investigativo, a denúncia partiu de um homem chamado José Roberto da Costa, que denunciou a prática de nepotismo por causa da nomeação de partentes de vereadores de Anaurilândia na Prefeitura.

 

Teriam sido nomeados Luzia Martins Neres, cônjuge de vereador Adair Alves Neres (PT); Edemir Palmeira, irmão da vereadora Lucimara Auxiliadora Palmeira (PMDB); Kleber Gonçalves Destro, cunhado do vereador Guilherme Gomes Zandonadi (PT) e Luciano Marangon, cunhado do vereador Jorge Soares Santana (PMDB).

 

O MPE-MS agendou audiências com os parentes dos vereadores, para o início do próximo mês, e deu prazo de 15 dias úteis para que o prefeito Edson Takanozo apresente informações a respeito das denúncias.

 

O inquérito foi instaurado pelo promotor de Justiça Allan Thiago Barbosa Arakaki, da Promotoria de Justiça de Anaurilândia.