Ivinhema - MS, quarta-feira, 23 de agosto de 2017

10º min
26º min



Publicado em: 06/06/2017 às 16h01

Trump diz que rompimento de relações com Catar pode ser 'começo do fim do terrorismo'


- G1

O presidente americano, Donald Trump, afirmou nesta terça-feira (6) que o rompimento relações diplomáticas e comerciais da Arábia Saudita com o Catar pode ser ‘começo do fim do terrorismo’. Outras seis nações também cortaram seus vínculos com Doha: Bahrein, Emirados Árabes Unidos, Iêmen, Egito, Líbia e Ilhas Maldivas.

 

“Talvez esse seja o começo do fim do terror do terrorismo!”, declarou o presidente americano no Twitter.

 

O Catar é acusado por seus críticos de manter vínculos com as redes jihadistas da Al-Qaeda e do grupo Estado Islâmico, assim como com a Irmandade Muçulmana, grupo considerado "terrorista" por alguns países árabes.

 

Trump, que visitou recentemente o Oriente Médio, relacionou suas recentes declarações contra o islamismo radical com a decisão de países da região de isolar o Catar.

 

O secretário de Estado americano, Rex Tillerson, pediu aos países do Golfo que permaneçam "unidos", mas o tuíte presidencial parece apoiar a decisão de isolar o Catar.

 

O Catar abriga a maior base aérea americana na região, sede do comando dos Estados Unidos para o Oriente Médio, onde estão presentes 10.000 soldados. A base é crucial para a luta contra o grupo Estado Islâmico (EI) na Síria e no Iraque.

 

Na tentativa de contornar a crise no Golfo, o Kuwait tentará mediar o diálogo entre a Arábia Saudita e o Catar. A suspensão de voos prejudica passageiros que precisam se deslocar na região.