Ivinhema - MS, quarta-feira, 22 de novembro de 2017

10º min
26º min



Publicado em: 01/09/2017 às 15h27

DEODÁPOLIS: MPE vai investigar diversas irregularidades da câmara de vereadores


Ivinoticias

Foto: Divulgação

Presidente da Câmara de Deodápolis Márcio Teles

O Ministério Público de Mato Grosso do Sul, por meio da Promotora de Justiça Andrea de Souza Resende, abriu três inquérito civis contra algumas prováveis irregularidades e até omissão por parte da Câmara Municipal de Deodápolis, sendo um contra o aumento de salario, outra por falta de transparência e por contratação de um contador.

 

Conforme apurou o Site Ivinoticias, o primeiro inquérito Civil SAJMP nº 06.2017.00000562-8, acionou o presidente da Câmara Municipal de Deodápolis Márcio Teles Pereira, para apurar irregularidades no aumento de subsídios dos secretários municipais de Deodápolis, por meio do decreto nº001/2017, de 26/01/2017.

 

O segundo inquérito civil SAJMP nº 06.2017.00000563-9, vai apurar omissão da Câmara Municipal de Vereadores de Deodápolis, na alimentação do Portal da Transparência, em desacordo a Lei 12.527/2011.

 

Já o terceiro inquérito civil SAJMP nº 06.2017.00000564-0, contra o presidente da Câmara Municipal de Deodápolis, vai apurar eventual irregularidade na contratação do contador Osvaldo Ursolino da Rocha pela Câmara Municipal de Vereadores.