Ivinhema - MS, quarta-feira, 22 de novembro de 2017

10º min
26º min



Publicado em: 03/09/2017 às 18h50

Ex-vereadores são investigados por irregularidade em verba para combustível em Naviraí


Correio do Estado

Foto: Regis Teixeira/Divulgação

Ex-parlamentares teriam cometido irregularidade durante um ano e nove meses de mandato

A 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Naviraí instaurou nove inquéritos civis para apurar suposto recebimento indevido de verba indenizatória relativa à aquisição de combustível por parte de nove ex-vereadores da cidade.

 

De acordo com os editais, publicados na edição desta segunda-feira (4) do Diário Oficial do Ministério Público Estadual (MPE), a investigação limita-se ao intervalo entre os meses de janeiro de 2013 e outubro de 2014. No período, os ex-parlamentares estariam “enriquecendo-se indevidamente em detrimento do erário da Câmara Municipal de Naviraí”, como discorrem os comunicados.

 

Os ex-vereadores investigados são Carlos Alberto Sanchez, Moacir Aparecido de Andrade, Vanderlei Chagas, José Roberto Alves, José Odair Gallo, Gean Carlos Volpato, Elias Alves, Solange Olímpia Pereira de Castro Melo e Adriano José Silvério. O promotor de Justiça à frente dos inquéritos é Daniel Pívaro Stadniky.

 

Em outubro de 2014, o MPE denunciou todos estes vereadores pela prática do crime de organização criminosa. Segundo narrado na denúncia, eles se associaram de forma estruturada e concatenada, a fim de obterem direta ou indiretamente vantagem ilícita, mediante a prática de infrações penais, valendo-se, para tanto, de suas condições de empresários ou funcionários públicos (vereadores e funcionários da Câmara Municipal de Naviraí).