Ivinhema - MS, terça-feira, 21 de novembro de 2017

10º min
26º min



Publicado em: 05/09/2017 às 14h56

NOVO HORIZONTE DO SUL: Após atitudes de solidariedade, Felipe passa por cirurgia


Ivinotícias

Foto: Arquivo Pessoal

No dia 27 de Julho o site Ivinotícias realizou uma reportagem contando um pouco  da história do garoto Felipe de 13 anos, um adolescente normal , que há alguns meses atrás teve essa normalidade impedida por fortes dores nas pernas.

Após verem a situação do filho ,os pais do garoto o levaram ao médico e depois de realizada uma consulta e uso  de medicamentos as dores aliviaram, porém dias depois voltaram com muito mais intensidade.

Ao ser consultado por um ortopedista, e em posse de um exame de RX, o médico constatou que ele estava com uma epifisiolise que consiste no descolamento da cabeça do fêmur do quadril e precisava com urgência de uma cirurgia.

 

A cirurgia custava R$ 25.000 e precisava ser feita o mais rápido possível, para que ele pudesse voltar a ter uma vida normal e sem seqüelas, porém a família não tinha condições de pagar.

 

A mãe do garoto Elizângela Hobold cabeleireira no município se vendo em um momento de dificuldade com a doença do filho resolveu criar uma vaquinha online que se iniciou no dia 25 de Julho, conseguindo nesta vaquinha aproximadamente dois mil reais, porém não alcançando o valor total foi feita uma rifa a Felipe e várias ajudas da população surgiram,  até chegar no valor preciso.

A cirurgia foi realizada no último domingo (3) graças a essas ajudas atribuídas pela vaquinha, leilão e a rifa de uma bicicleta, e em rede social a mãe de Felipe agradeceu a todos que colaboraram para se tornar possível este momento de grande importância na vida do garoto.

Confira a declaração da mãe de Felipe:

Olá amigos! 

Felipe fez a cirurgia ontem, está se recuperando bem. Com a graça de Deus deu tudo certo. Vencemos uma etapa, com certeza a mais difícil. Temos pela frente a próxima não menos importante, que é a recuperação e reabilitação. Não teríamos chegado até aqui sozinhos e não chegamos. Chegamos até aqui com a proteção de Deus e Nossa Senhora Aparecida e a colaboração de inúmeras pessoas. Tive nesses quase 2 meses várias provas de que não estamos sós, de que a solidariedade, a caridade estão vivas e tornam qualquer problema menor. Ainda que eu viva por mais 1000 anos, não vou conseguir agradecer tanta ajuda. Mas eu prometo tentar ser digna a cada dia de tanta bondade. Obrigada a cada um que rezou, que orou, que doou, que se doou.
Cada um que se desdobrou para vender as rifas, cada um que comprou as rifas, cada doação em dinheiro seja ela de qualquer quantia, doação de serviços, de objetos para venda, o leilão. Enfim, foram inúmeras ações do bem que cruzaram o nosso caminho nesses dias de luta. Gratidão me define. 
Obrigada, Obrigada, Obrigada!!!
Que Deus lhes devolva em vida e saúde sua generosidade.