Ivinhema - MS, sexta-feira, 17 de novembro de 2017

10º min
26º min



Publicado em: 17/10/2017 às 08h33

A face educadora de Villa lobos

Artigo


- Tayná Clara Batista Rios

Heitor Villa Lobos nasce em 5 de março 1887, no Rio de Janeiro. Torna-se maestro e compositor. Envolve-se na educação para inserir a música clássica de forma nacional. Construção gradativa de sua identidade musical e ideológica por experiência. Atinge o o reconhecimento na Semana da Arte Moderna (1922 ). E como resultado viaja aos centros da música erudita. A complexa e contraditória relação de Villa Lobos com o governo autótitario vargista (1937 – 1945 ). Instala o canto orfeônico com objetivo de educar, civilizar e construir individuos melhores. As obras de Villa Lobos norteiam a construção intrínseca dos brasileiros como povo uno e múltiplo. Fundador e primeiro presidente da Academia Brasileira (ABM ). Referência no movimento modernista brasileiro. Tempo de atividade 1915 – 1948. Com morte em 17 de novembro de 1959 por ocasião do câncer.

 

Referência Bibliográfica

 

SANTOS, Marco Antonio Carvalho. Heitor Villa-Lobos/ Marco Antonio Carvalho Santos. – Recife: Fundação Joaquim Nabuco, Editora Massangana, 2010. 152 p.: il.