Ivinhema - MS, quarta-feira, 22 de novembro de 2017

10º min
26º min



Publicado em: 17/10/2017 às 15h34

Pai de ex vereadora usou revólver calibre 38 para matar filha e se matar em Batayporã


jornaldanova

Foto: jornaldanova

A Polícia Civil de Batayporã segue com as investigações sobre o crime que chocou a cidade na manhã desta terça-feira (17), em que a ex-vereadora e ex-secretária de Saúde de Batayporã, Ivanilde Farias, foi morta com um tiro disparado por seu pai, Antônio Lourival Cândido, que em seguida tirou a própria vida.

 

 

 

Conforme as primeiras informações do Delegado da Polícia Civil de Batayporã, Dr. Rafael Carvalho, o revólver calibre 38 usado no crime estava no local do fato, carregado com seis munições, sendo duas deflagradas e quatro intactas dentro do tambor. 

 

Também no local foi encontrada uma carta escrita por Antônio, tecnicamente conhecida como "carta de alívio", porém, a escrita é bem ruim e com palavras desconexas, por isso ainda não foi divulgado seu conteúdo.

 

Segundo a Perícia Criminal, Ivanilde veio a óbito com um tiro na altura da cabeça, provavelmente enquanto estava dormindo no quarto e Antônio se matou na sala, com um tiro no ouvido.

 

Vizinhos descreveram Antônio como sendo um homem correto e sistemático, a motivação do crime está sendo investigada, a polícia vai ouvir testemunhas e familiares.

 

O crime foi registrado como homicídio qualificado seguido de suicídio.