Ivinhema - MS, domingo, 22 de abril de 2018

10º min
26º min



Publicado em: 08/11/2017 às 11h17

Massa recorda GPs do Brasil e abre caminho para Fórmula E


- Gazeta Esportiva

Foto: Gazeta Esportiva

Massa recorda GPs do Brasil e abre caminho para Fórmula E

A aposentadoria de Felipe Massa, desta vez, realmente irá se concretizar. Depois de estender seu vínculo com a Williams por mais um ano, o piloto brasileiro caminha para o fim da atual temporada da Fórmula 1, e já neste domingo, em Interlagos, viverá pela última vez a emoção de guiar um carro na principal categoria do automobilismo mundial “em casa”. Embora não tenha garantido qual será seu futuro, Massa assegurou que continuará correndo.

 

“É impressionante como jogar em casa faz você jogar melhor. Você tem que reverter toda aquela emoção que a torcida te passa em resultados. Tudo isso é importantíssimo para você fazer o resultado acontecer. Foram três corridas [em Interlagos] que disputei a vitória. Em 2006 foi a realização de um sonho, consegui largar na frente e vencer a corrida pela primeira vez. Acho que foi, sem dúvida, o dia mais importante para a minha carreira. Depois, consegui em 2007 largar na pole. Não venci para ajudar meu companheiro a ser campeão, para você ver como o trabalho em equipe é importante. E em 2008, eu disputei o campeonato, larguei na pole, venci a corrida, mas, infelizmente, as coisas mudaram nos últimos metros”, recordou Felipe Massa em entrevista concedida durante um evento de um dos patrocinadores de sua equipe, em São Paulo.

 

Massa subiu ao lugar mais alto do pódio em Interlagos todas as vezes vestindo o macacão da Ferrari. O brasileiro permaneceu na principal scuderia da Fórmula 1 por oito temporadas (2006-2013), terminando como vice-campeão mundial em 2008, quando cruzou a linha de chegada em primeiro lugar em Interlagos, mas viu Lewis Hamilton assumir a quinta colocação na última curva, fato que acabou com as chances de título do brasileiro.

 

Agora, Felipe Massa começa a planejar novos voos. Depois de uma carreira bastante sólida na Fórmula 1, o brasileiro deverá se transferir para outra categoria automobilística. Especulações envolvendo o atual piloto da Williams desde o novo anúncio de sua aposentadoria passaram a surgir, porém, ele garante que ainda sabe não qual caminho seguir, sinalizando, inclusive, que deverá passar por uma no sabático em 2018.

 

“Eu gosto de correr, devo continuar correndo em alguma categoria. Não sei se vai ser logo de cara, até porque tenho que pensar, entender, ver uma categoria onde eu possa ser útilo e me divertir ao mesmo tempo. Mas, com certeza, terei um pouco mais de tempo para a minha família, para o Felipinho. Acho que se estruturar também em uma maneira diferente de trabalho. Não só em apenas correr, mas cuidar daquilo que consegui conquistar até hoje. Devo continuar correndo, porque é aquilo que eu amo, aquilo que eu gosto de fazer”, prosseguiu Massa.

 

Um dos prováveis próximos passos de Felipe Massa nas pistas é a Fórmula E, que conta somente com carros elétricos. Lucas Di Grassi e Nelsinho Piquet, ambos com passagem pela F1, já disputam o campeonato, mas o ingresso de outro brasileiro na categoria a curto prazo é algo, por enquanto, improvável.

 

“É uma categoria que está crescendo muito. Faz parte dos meus pensamentos para correr no futuro, só que é um campeonato que começa agora. A maior parte das equipes já estão acertadas. Quero correr em uma equipe boa e ter um trabalho importante. Posso ser importante. Sem dúvida, [minha participação] não vai ser nesse campeonato”, concluiu.