Ivinhema - MS, terça-feira, 21 de novembro de 2017

10º min
26º min



Publicado em: 10/11/2017 às 15h51

TRE-MS pune 16 partidos por irregularidades em prestação de contas


midiamax

Foto: Divulgação

Diretórios municipais de 16 partidos tiveram contas reprovadas ou não apresentaram documentação financeira ao TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral). As decisões que impedem que as legendas recebam repasse dos diretórios nacional e estadual dos partidos, por exemplo, foram divulgadas nesta sexta-feira (10).

 

O juiz eleitoral Luciano Pedro Beladelli, da 49ª zona eleitoral do Estado, é o magistrado responsável pelo julgamento da maioria das contas que não foram aprovadas.

 

Os partidos Avante, PTB, PSDB, PEN, PMB, PRTB, Podemos, PSDC, PSD, PSL, PV, PPS em Anastácio, cidade distante 141 quilômetros da Capital, não prestaram as contas do exercício 2016,

 

 

 

De acordo com o juiz, as legendas foram intimadas a apresentar a documentação financeira, mas permaneceram omissas. O mesmo aconteceu com os partidos PTN, PSDB e PTdoB em Dois Irmãos do Buriti. As legendas também deixaram de apresentar os números.

 

Outro partido penalizado com suspensão de repasse do fundo partidário foi o diretório do PT em Jardim, referente às contas do ano de 2015. Nesse caso, assim como nos anteriores, não há mais prazo para recorrer da decisão.