Ivinhema - MS, terça-feira, 21 de novembro de 2017

10º min
26º min



Publicado em: 14/11/2017 às 09h11

Governo entrega resfriadores de leite a produtores de Ivinhema e mais 23 cidades


campograndenews

Foto: Foto: Kleber Cajus

Equipamentos foram adquiridos por intermédio de emendas federais e contrapartida do Estado

Ao todo são 26 equipamentos adquiridos por emendas da bancada federal junto ao MAPA (Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e a CEF (Caixa Econômica Federal).

 

“Com essa entrega a gente totaliza 87 resfriadores que servem ao pequeno produtor para fazer estoque de leite com qualidade até levar aos latícinios”, disse o governador Reinaldo Azambujam durante evento no Centro de Pesquisa e Capacitação da Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), em Campo Grande.

 

Foram contempladas as cidades de Ivinhema , Nova Andradina, Anaurilândia, Aquidauana, Brasilândia, Glória de Dourados , Naviraí, Nioaque, Paranaíba, Rio Verde, Santa Rita do Pardo, Alcinopólis, Angélica, Bandeirantes, Bataguassu, Camapuã, Cassilândia, Deodápolis, Juti, Figueirão, Mundo Novo, Paranhos, Três Lagoas e Chapadão do Sul.

 

Dos resfriadores entregues 11 podem armazenar mil litros de leite, enquanto outros 15 tem capacidade de dois mil litros. Somente Chapadão do Sul recebe dois equipamentos.

 

Desafio - Para o diretor-presidente da Agraer, Enelvo Felini, o principal desafio do setor consiste em aumentar a demanda de consumo de leite no Estado, hoje em 100 litros/ano, para que haja melhora do valor pago ao produtor e possibilite a reabertura de 20 laticínios.

 

O investimento em tecnologias de produção, conforme o secretário de Desenvolvimento Econômico Jaime Verruck, já tem possibilitado ao setor reorganiza-se e o governo avalia estratégias do que fazer com o excedente de leite produzido sem perda de competitividade em um mercado que ainda pouco consome o produto.