Ivinhema - MS, terça-feira, 17 de julho de 2018

10º min
26º min



Publicado em: 13/12/2017 às 13h08

Achou o IPVA caro demais? Confira como recorrer do valor em MS

Alíquota em MS chega a 3,5%


- Midiamax

Foto: Midiamax

Alíquota em MS chega a 3,5%

A alíquota do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos) cobrada em Mato Grosso do Sul varia de 2% a 3,5% do valor venal do veículo, é considerada uma das mais caras do País. A boa notícia é que os contribuintes em desacordo com a cobrança podem contestar o valor.

 

Tomando por base a tabela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisa Econômica), o IPVA de um Fiat Mobi Easy 1.0, um dos carros zero km mais barato do Brasil, tabelado a R$ 29.762,00, em Mato Grosso do Sul o tributo custará R$ 971,67 – mesma quantia cobrada no Distrito Federal.

 

O valor só fica atrás de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo; os três estados cobram 4%. O mais barato é o do Espírito Santo, que recolhe 1% do valor do carro.

 

A Agência de Fazenda que o proprietário de automóvel em desacordo com a cobrança pode procurar as agências fazendárias (Agenfas), mas a o governo não informou quais são os prazos para solicitar a revisão e qual o tempo limite para entregar a decisão. Em São Paulo, por exemplo, o governo do estado criou uma lei que autoriza a redução do imposto, por ocasião de queda dos valores médios dos veículos.

 

Saiba como calcular o IPVA

 

Para calcular é preciso multiplicar o valor venal do automóvel, como um chevrolet Onix Joy 1.0 zero km, de R$ 37.215,00, pela alíquota. Como em Mato Grosso do Sul é 30%, o total será R$ 1.063,28.

 

Para ciclomotor, motocicleta, triciclo, quadriciclo, caminhão com qualquer capacidade de carga, ônibus ou micro-ônibus para transporte coletivo de passageiros, as alíquotas são de 2%. Para automóveis de oito lugares movidos a diesel, a alíquota fica em 4,5%.

 

No caso dos frotistas – que possuem mais de 30 veículos – a alíquota é de 1,5% para motos; 2% para automóveis, carros de passeio e utilitários; 3% para automóveis de oito lugares movidos a diesel; e 1% para caminhões e ônibus.

 

O estado do Mato Grosso do Sul tem cerca de 855 mil veículos que devem realizar o pagamento do tributo, sendo que 480 mil são automóveis e utilitários, 342 mil motocicletas e os 30 mil restantes são compostos por ônibus e caminhões.

 

Acre - 1% para os veículos automotores, inclusive motocicletas e os ciclomotores, 2% para os veículos de passeio e 1% também para os veículos de transporte público de passageiros.

 

Alagoas: 1% para ônibus, micro-ônibus, caminhões, aeronaves e embarcações, 2% é o valor para motocicletas e similares, caminhonetes e similares ficam com 2,5%, os restantes dos veículos ficaram com um calculo de alíquota no valor de 2,5%. Estão isentos de pagar o IPVA Alagoas os veículos com mais de 20 anos de fabricação.

 

Amazonas: Os valores das alíquotas são: 3% para os automóveis, caminhonetes, embarcações recreativas e até mesmo esportivas, além disso, aeronaves não comerciais. A taxa de 1.5% é para ônibus, micro-ônibus, caminhões, motocicletas e similares.

 

Amapá: s valores das alíquotas no estado do Amapá são bastante simples, confira as mesmas: 3% para todos os veículos utilitários e 1,5% para ônibus, caminhões e motocicletas. Estão isentos de pagar o IPVA Amapá os veículos com mais de 15 anos.

 

Bahia: O valor do IPVA BA irá variar de acordo com o valor de sue carro, além disso, os preços das alíquotas variam de 1% a 6% sobre o valor de seu carro.Estão isentos de pagar o IPVA Bahia os veículos com mais de 15 anos de fabricação.

 

DF: Saiba que a taxa de 1% ficará para os veículos de carga, 2% será a taxa para motocicletas e similares e 3% será a taxa para automóveis como caminhonetes, carros e utilitários. Estão isentos de pagar o IPVA Distrito Federal os veículos com mais de 15 anos de fabricação.

 

Espirito Santo: os valores das alíquotas do estado do Espírito Santo: 2% para carros, caminhonetes, embarcações e aeronaves, 1% para motos, caminhões, ônibus, micro-ônibus e ciclomotores.

 

Goiás: Os valores das alíquotas são: 1,25% para ônibus, micro-ônibus e também para os caminhões. A taxa de 2,5% fica para os automóveis de até 100 cilindradas e motocicletas, 3,45% é o valor da alíquota para caminhonetes e utilitários, além disso, 3,75% é o valor para os automóveis acima de 1.000 cilindradas.

 

Maranhão: No estado do Maranhão os valores das alíquotas são: 1% para os ônibus, micro-ônibus, caminhões e cavalo mecânico, 1,5% para as aeronaves, 2% destinado para motocicletas e similares, já a taxa de 2,5% é destinado para os automóveis e veículos que não foram incluídos nas alíquotas acima.

 

Minas Gerais: O valor do IPVA para o estado de Minas Gerais gira em torno do valor das alíquotas. Saiba que 4% das alíquotas são o valor para se calcular automóveis de uso misto e utilitário, 3% fica para caminhonetes de carga e furgões, 2% para automóveis de uso público como, por exemplo, taxis. O valor de 2% de alíquotas também é destinados as motocicletas e derivados e 1% para os veículos locadores, ou seja, pessoa jurídica.

 

Mato Grosso: 1% para motos até 180 cilindradas, caminhões e ônibus;

 

2% para carros até 1.000 cilindradas;

 

2,5% para motos acima de 180 cilindradas;

 

3% para carros acima de mil cilindradas, caminhonetes e carros importados;

 

4% para carros de competição.

 

Pará: Os valores das alíquotas no estado do Pará são: 2,5% sobre o valor venal para carros e a taxa de 1% para os ônibus, micro-ônibus, tratores, motocicletas e também os caminhões.

 

Paraíba: Os valores das alíquotas são: 2% para veículos comerciais, leves e também as motos, 1% para os caminhões, ônibus, micro-ônibus, tratores e também as motocicletas.

 

Pernambuco: taxa de 2,5% para carros, 2% para as motos e 1% para ônibus e caminhões. Já os veículos automotores que possuírem mais de 15 anos o valor fixo fica cerca de R$ 35,00 para as motos, e aproximadamente R$ 55,00 para os demais veículos automotores.

 

Piaui: Os valores das alíquotas no estado do Piauí são: 1% para os caminhões e ônibus, 2% para os veículos utilitários e motos de até 180 cilindradas e a taxa de 3% é para os demais veículos.

 

Paraná: a taxa da alíquota que é cobrada pelo IPVA do Paraná gira em torno de 1% e podendo chegar a 6%, além disso, também será levado em conta o valor de seu automóvel para que seja feito o orçamento do seu IPVA PR, por isso, não podemos afirmar um valor exato do IPVA para os que residem no estado do Paraná.

 

Rio Grande do Norte: As alíquotas no estado do Rio Grande do Norte são: 1% para ônibus, caminhões, cavalos mecânicos e veículo com uma capacidade igual ou superior a 3.500 kg. A taxa de 2% fica para as motos e similares que possuam até 200 cilindradas. Já a taxa de 2,5% fica para automóveis, caminhonetes, micro-ônibus, embarcações e demais veículos não incluídos nas alíquotas acima.

 

Rondonia: O valor das alíquotas no estado de Rondônia é: 1% para ônibus, micro-ônibus, caminhões, veículos aéreos ou aquáticos e similares, a taxa de 1% também vale para os veículos destinados a locação. Motocicletas, ciclomotor e similares com até 100 cilindradas terão uma taxa de 2%. Os veículos que não foram citados acima ficam com o valor da alíquota de 2,5%.

 

Roraima: Os valores das alíquotas no estado de Roraima são: 1% para os veículos destinados a locação, 2% é a taxa para as motos, caminhões, ônibus e utilitários, já a taxa de 3% é destinada aos automóveis.

 

Santa Catarina: As taxas são: 1% para veículos terrestres com duas ou três rodas e de transporte de carga ou passageiros; 2% é o valor para veículos terrestres de passeio; 1% para veículos de locação e 1% para as motos.

 

Sergipe: Os valores das alíquotas no estado de Sergipe são: 2% é o valor para automóveis, motocicletas e utilitários, já a taxa de 1% é para ônibus, micro-ônibus e caminhões.

 

Em alguns estados, como São Paulo e Rio de Janeiro, o valor do IPVA varia de 1% a 6%.