Ivinhema - MS, quinta-feira, 19 de julho de 2018

10º min
26º min



Publicado em: 26/12/2017 às 14h40

NOVA ANDRADINA: Rapaz é preso por ameaça, dano ao patrimônio público e resistência


jornaldanova

Foto: jornaldanova

Um jovem de 29 anos, foi preso após se desentender com a ex-namorada de 20 anos,  ameaça (violência doméstica) danificar a Delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina e resistência a prisão.

 

Por volta das 22h de segunda-feira (25), um policial civil que se encontrava na Delegacia, avistou uma caminhonete branca em alta velocidade, contornando a esquina do terminal rodoviário. Depois o mesmo veículo seguiu pela avenida Eurico Soares Andrade, já ao lado da Delegacia, fechava um outro carro de passeio, sendo que o motorista da caminhonete discutia com a motorista do veículo.

 

Depois de alguns minutos, a condutora do carro arrancou como se quisesse fugir do condutor da caminhonete, que a seguiu e ultrapassou, jogando seu veículo na frente do carro dela, neste momento, a condutora optou por não continuar na via e veio a estacionar nas vagas do canteiro central. 

 

O rapaz seguiu a mesma orientação e parou ao lado do carro, saindo em seguida de seu veículo e entrando pela porta do carona no carro da vítima. Neste momento, o investigador de polícia percebendo que alguma agressão estava em curso, foi até o local e interveio, sendo que o suspeito estava alterado e a vítima assustada. 

 

Perguntando sobre o que estava acontecendo, a vítima disse que o autor era seu ex-namorado. O agente da Polícia Civil pediu para o homem que se afastasse e o mesmo saiu do carro entrou em sua caminhonete e se saiu dirigindo por aproximadamente quatro quadras e estacionou na mesma avenida.

 

A vítima estava muito assustada e agradeceu a intervenção do policial, que, percebendo que a mesma não tinha condições de prosseguir, solicitou que ela aguardasse alguns instantes. 

 

O homem então retornou com a caminhonete, estacionando de frente com o carro da vítima e tentou se aproximar dela, desrespeitando a ordem do policial para que se afastasse. Em seguida, ainda mais exaltado, tentou novamente se aproximar da vítima, tendo o policial que fazer uso de força física para contê-lo, mas ele não se continha até que interveio um policial militar, que estava em uma viatura que se encontrava estacionada próximo à Delegacia.

 

Os dois policiais tentaram convencer o rapaz a se acalmar, mas sem sucesso, então foi dada voz de prisão a ele, que ainda não se conteve, correu, lutou com os policiais e acabou por ser imobilizado e conduzido para a Delegacia de Polícia. Mesmo algemado, o autor ainda produziu resistência e no interior da Delegacia, não acatando a ordem para ficar parado, resistiu à condução do policial e se chocou contra a parede de gesso, quebrando-a. O rapaz somente se conteve quando chegaram os seus familiares. Foi acionada a Perícia Criminal, que esteve no local. Ele foi ouvido e liberado após pagamento de R$ 1 mil de fiança.