Ivinhema - MS, sábado, 20 de janeiro de 2018

10º min
26º min



Publicado em: 28/12/2017 às 11h08

Pré-candidato à AL, filho de Délia diz que interior está abandonado


Dourados News

Foto: Divulgação

Neno Razuk é pré-candidato a deputado

O ex-secretário de Planejamento de Dourados, Roberto Razuk Filho, 39 anos, mantém sua pré-candidatura a deputado estadual em 2018. Ele nega que a mãe, a prefeita Délia Razuk (PR), tenha recuado na intenção de apoiá-lo nas eleições, supostamente baseada em pesquisas de aprovação.

 

''Essa pesquisa não tem vínculo nenhum com minha candidatura'', explicou o pré-candidato.

 

O pré-candidato reclama que o interior do Estado está abandonado em todos os sentidos e que vai trabalhar contra isso se for eleito parlamentar.

 

''Para uma  cidade grande, perder um percentual [nos recursos] não significa muita coisa, mas para uma cidade pequena, R$ 1 milhão faz diferença'', constatou.  

 

Razuk Filho reclamou ainda de atrasos nos repasses de verbas, o que prejudica sensivelmente as administrações municiais.

 

No entanto, o pré-candidato justifica que a crise econômica não é exclusividade de Dourados, onde sua mãe administra desde o dia 1º de janeiro. ''Todos os prefeitos vêm enfrentando isso'', argumenta.

 

Conforme o ex-secretário, o maior problema enfrentado por Dourados veio da administração anterior, que implantou o PCCR (Plano de Cargos, Carreira e Remuneração) e deixou os recursos para folha totalmente comprometidos.

 

Atualmente no PR, Razuk disse ainda que está buscando apoio político nas bases que era do pai, o ex-deputado Roberto Razuk, e da mãe. Além disso, observa o cenário político que deve ter alterações significativas por conta de uma provável reforma política e das eleições para governador do Estado.