Ivinhema - MS, sábado, 26 de maio de 2018

10º min
26º min



Publicado em: 08/02/2018 às 13h11

IVINHEMA: Delegacia de Polícia Civil terá nova sede


- aSSESSORIA

Foto: Assessoria

Delegacia de Polícia Civil terá nova sede

 

Na sua visita a Campo Grande, Tuta visitou a Secretaria de Justiça onde assinou um convênio para a mudança de delegacia de policia civil de Ivinhema para o prédio do antigo SENAI.

 

O município estará arcando com o aluguel  do prédio, e me parceria com o governo do estado  a antiga delegacia será assumida pela Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário de Mato Grosso do Sul -AGEPEN Delegado ‘Delegado Hoston Belizário’ em homenagem a todos os serviços prestados  à população sul-mato-grossense.

 

A SOMECO entrará com a parceria na mão de obra e reforma do novo prédio para se adequar a delegacia de policia civil de Ivinhema  hoje comandada pelo delegado titular de Ivinhema Dr. Ricardo Henrique Cavagna que vêem prestando a anos um excelente trabalho no município, diminuindo cada vez mais a criminalidade e levando segurança para a população Ivinhemense.

 

De acordo com o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública Antonio Carlos Videira, a ação faz parte do planejamento estratégico do Governo, por meio Sejusp, de expansão da Agepen em Mato Grosso do Sul. “Ivinhema é o segundo local que estamos adotando essa medida, o que simboliza vantagens tanto para a Polícia Civil que ganha uma nova estrutura e tira os policiais de guarnecer os presos, quanto para a agência penitenciária, pois inicia uma nova etapa para que no futuro a instituição assuma todos os serviços atinentes não só à custódia, mas também à guarda e à escolta de presos”, explicou.

 

Esta ação só pode ocorrer devido a parceria com o delegado de Ivinhema Dr. Ricardo, o governo do estado através do Dr. Carlinhos e o secretario de justiça junatmente com a prefeitura de Ivinhema e a SOMECO.

 

Com um novo prédio para abrigar a delegacia, será possível que a AGEPEN ocupe efetivamente o espaço e assuma a custódia dos internos, conforme estabeleceu decreto do Governo do Estado, que criou o Estabelecimento Penal Masculino de Regime Fechado de Ivinhema.