Ivinhema - MS, quinta-feira, 21 de junho de 2018

10º min
26º min



Publicado em: 13/03/2018 às 08h31

E o cidadão comum? Tribunal ignora crise e paga viagem de desembargador para terra do Mickey

Magistrado vai para os Estados Unidos para participar de evento de direito desportivo, tudo pago com dinheiro público


- Top Mídia News

Foto: Divulgação

Desembargador vai ganhar viagem aos EUA

Em meio a grave crise financeira e moral que o país atravessa, o Tribunal Regional do Trabalho em MS vai usar dinheiro público para bancar viagem do desembargador Amaury Rodrigues Pinto Júnior aos Estados Unidos. No dia 27 deste mês, a autoridade participa de evento de direito desportivo em Orlando, sede da Disneyland, a terra do Mickey. Isso vindo de uma das principais entidades que, na teoria, devem zelar pelo direito do cidadão comum, aquele que faz quase um crediário para uma simples viagem nacional.

 

No entanto, a motivação da participação do desembargador no evento, que ocorre no estádio do clube Orlando City, é pessoal, já que ele é membro da Academia Nacional de Direito Desportivo e não guarda nenhuma relação com ações da Justiça Trabalhista.

 

Conforme o ato número 92 de 2018, o presidente do tribunal, desembargador João de Deus Gomes de Souza autoriza o pagamento das despesas com passagens aéreas, e de quatro diárias na terra do Tio Sam.

 

A justificativa do presidente para a concessão desse benefício vem do  fato de Amaury ser membro da ANDD e por ser presidente de  uma das mesas de debate do evento.

 

Além do pagamento das despesas ficar por conta do tribunal, o presidente do TRT determinou a suspensão dos prazos judicantes (tramitação de processos e atendimento) no período de 26 a 28 de março, datas em que Amaury vai ficar nos EUA.