Ivinhema - MS, segunda-feira, 18 de junho de 2018

10º min
26º min



Publicado em: 29/03/2018 às 09h09

Corumbaense empata outra vez, mas elimina o Novo e está na final pelo segundo ano consecutivo


MS Esporte Clube

Foto: Diario Corumbaense

O Corumbaense garantiu a vaga na final do Estadual 2018 ao novamente empatar com o Novo, dessa vez sem gols, em duelo disputado na noite desta quarta-feira (28) no estádio Arthur Marinho. O adversário na decisão da competição será o Operário.

 

Somando já o jogo de hoje, o Carijó chega a final com quatro empates no mata-mata. Por ter mais pontos na primeira fase, tinha a vantagem do empate nas quartas de final contra o Comercial, e assim o fez, repetindo a situação com o Novo. Porém, na final, a vantagem será do Galo da Capital.

 

Com apenas três minutos de jogo, o Corumbaense foi ao ataque e balançou a rede pela primeira vez, com Agnaldo. Porém, o lance foi anulado pois o camisa 10 estava impedido. No decorrer da primeira etapa, o time da casa seguiu pressionando e chegando com perigo ao Novo.

 

Aos 24 minutos, em contra-ataque, o Carijó saiu rápido e pegou os visitantes despreparados. O lateral-esquerdo Valdinei saiu cara a cara com o goleiro Gelson, que fez jus ao status de melhor goleiro da competição e defendeu.

 

No rebote, William pegou mal na bola. Um minuto depois, de novo Gelson salvou, dessa vez em chute de Guilherme. A bola foi para escanteio. alguns lances depois, o alvinegro assustou de cabeça o Novo, que usou uniforme todo verde. A finalização de Igor Pimentel foi defendida.

 

Com 33 no relógio, o o lateral Lucas fez corte esquisito na defesa visitante e quase fez contra. Já aos 41 minutos, Willian avançou bem e soltou uma bomba. Mais uma vez, o goleirão Gelson apareceu para intervir e evitar o gol que abriria o placar para o Corumbaense.

 

Segundo tempo

 

Na etapa final, o panorama de domínio do Carijó prosseguiu. Mas quem assustou primeiro foi o Novo. Aos oito minutos, a bola foi cruzada dentro da pequena área e Judson de cabeça quase abriu o placar. Contudo, em dois lances posteriores, os donos da casa não fizeram o gol graças a Gelson.

 

Aos 31 minutos, o volante do Carijó, Wesley Mutuca, entrou em velocidade na grande área e chutou para defesa do goleiro. No rebote Guilherme ficou com a bola, tirou Gelson e bateu para a meta, só que o zagueiro Felyp conseguiu chegar a tempo de evitar o gol.

 

Logo em seguida, o Novo deu o troco em chegada perigosa em que Guilherme se esticou todo para defender. Perto do fim da partida, os visitantes, precisando de um gol, pressionaram bastante, mas não conseguiram passar pela defesa do Corumbaense, que chegou a mais uma final de Estadual. A equipe encara o Operário em Corumbá já no próximo domingo (1).

 

Campanha

 

O Corumbaense passou para a primeira fase com quatro vitória, três derrotas e um empate - sendo que o atual treinador, Gianni Freitas, jogou apenas o último duelo, vencendo o Urso por 4 a 2. Desde então, a equipe não perdeu mais, mas também não ganhou. Em toda competição, são quatro vitórias, cinco empates e três derrotas.