Ivinhema - MS, segunda-feira, 23 de abril de 2018

10º min
26º min



Publicado em: 12/04/2018 às 13h43

IVINHEMA: Policia Civil recupera carro furtado após anuncio no facebook


Ivinoticias

Foto: Divulgação

Policia Civil de Ivinhema recuperou carro furtado

 

Um homem de 32 anos foi preso em flagrante pela Polícia Civil de Ivinhema, na manhã de ontem (11), acusado da prática do crime de receptação.

 

De acordo com o informado pela Polícia Civil na noite da última segunda-feira (10/04), uma mulher de 49 anos, moradora do Distrito de Amandina, foi até a Delegacia de Polícia e comunicou que seu ex-convivente, havia lhe furtado um veículo GM Celta e que estaria vendendo o veículo em uma página de classificados no Facebook.

 

Conforme apurou o Site Ivinoticias, os policiais civis iniciaram buscas na rede social e encontrou um veículo com as mesmas características a venda na cidade de Ivinhema.

 

No início da manhã de ontem (11), os policiais civis saíram em diligências pelos locais de venda e compra de veículos e acabaram localizando um GM/Celta com as mesmas características daquele furtado, estacionado sobre a calçada defronte uma residência no Bairro Vitória.

 

Feitas as checagens, os policiais constataram que aquele era o veículo furtado no Distrito de Amandina.

 

Os policiais localizaram um homem que se identificou como proprietário do veículo e o conduziu a Delegacia.

 

Aos policiais, o homem teria que havia adquirido o veículo no dia anterior, pelo valor de R$ 6000,00 (seis mil reais), de uma pessoa que identificou apenas por Paulo, mas não soube se explicar quem era tal pessoa, nem dar qualquer outra informação sobre ele, afirmando ainda que tinha consciência que o valor pago pelo carro era menos da metade do valor de mercado.

 

“Após tomarmos conhecimento do furto e constatarmos que o veículo furtado estava sendo vendido em uma rede social, iniciamos diligências para localizá-lo naqueles locais onde sabidamente há a comercialização informal de veículos, quando então o localizamos. O homem que se identificou como seu proprietário disse que pagou pelo carro um valor que representa menos da metade do seu valor de mercado, e ainda, não soube identificar de quem comprou o veículo e nem quem era a mulher em nome de quem estava registrado o veículo, conforme recibo que tinha em mãos. Diante de tantas evidências, o conduzimos à Delegacia onde foi autuado em flagrante pela prática do crime de receptação”, disse ao site o Dr. Ricardo Cavagna.

 

O homem foi autuado em flagrante pela prática do crime de receptação e após pagar a fiança fixada pela Polícia no valor de R$ 6000,00 (seis mil reais), foi colocado em liberdade.

 

O veículo furtado foi restituído à vítima.