Ivinhema - MS, sábado, 26 de maio de 2018

10º min
26º min



Publicado em: 15/05/2018 às 08h44

Operação da PF contra tráfico de drogas cumpre mandados em MS

Luiz Carlos da Rocha foi preso. Ele é apontado como um dos maiores narcotraficantes da América do Sul e foi delator da Lava Jato


Topmidia News

Foto: Divulgação/Polícia Federal

PF apreendeu dinheiro durante busca realizada em Recife, pela Operação Efeito Dominó

A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã desta terça-feira (15), a operação 'Efeito Dominó', que tem como objetivo desarticular uma quadrilha especializada em tráfico internacional de drogas comandada por Luiz Carlos da Rocha, conhecido como 'Cabeça Branca'. Ele é apontado como um dos maiores narcotraficantes da América do Sul e foi delator da Lava Jato.

 

Conforme informações da PF, 90 policiais cumprirão durante o dia 26 ordens judiciais, sendo 18 mandados de busca e apreensão, cinco mandados de prisão preventiva e três mandados de prisão temporária. Elas serão cumpridas em Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Pernambuco, Ceará, Paraíba, Distrito Federal e São Paulo.

 

Em Mato Grosso do Sul será cumprido um mandado de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva em Campo Grande; um mandado de busca e apreensão em Amambai; e um mandado de busca e apreensão e um prisão temporária em Dourados.

 

Durante as investigações, a polícia verificou a atuação concreta e direta de dois operadores financeiros (doleiros) já conhecidos de operações 'Farol da Colina' e 'Lava Jato', ambas da Polícia Federal.

 

Os presos durante a operação serão encaminhados à Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, em Curitiba.