Ivinhema - MS, sábado, 21 de julho de 2018

10º min
26º min



Publicado em: 29/06/2018 às 08h49

Polícia Ambiental apreende 600 metros de redes de pesca nos rios Anhanduí, Pardo e Paraná

Também foram apreendidos espinheis, anzóis de galho e soltos 15 quilos de peixes e uma tartaruga que estavam presos aos petrechos


JORNAL DA NOVA

Foto: PMA/DIVULGAÇÃO

Foram fiscalizados rios das cidades de Santa Rita do Pardo, Nova Andradina e Bataguassu

Uma equipe da PMA (Polícia Militar Ambiental) de Bataguassu, que trabalha na operação “Copa Tranquila”, realizou fiscalização preventiva à pesca predatória entre o dia 28, até à noite de ontem (28), no rio Anhanduí, Pardo e Paraná, nos municípios de Santa Rita do Pardo, Nova Andradina e Bataguassu e apreendeu 600 metros de redes de pesca, 150 metros de espinhéis com vários anzóis e 57 anzóis de galho [petrechos proibidos].

 

Segundo a PMA, os infratores que armaram as redes e os demais petrechos ilegais não foram localizados e nem identificados. Foram soltos em torno de 15 quilos de peixes e uma tartaruga que estavam vivos e presos às redes no momento da retirada. Este tipo de fiscalização é fundamental. A retirada desta quantidade de petrechos ilegais dos rios impede a degradação dos cardumes.