Ivinhema - MS, sábado, 21 de julho de 2018

10º min
26º min



Publicado em: 11/07/2018 às 14h19

DEODÁPOLIS: Família esta revoltada por demora em transferir paciente


DEODAPOLISNEWS

Foto: DIVULGAÇÃO

Senhora está internada no Hospital Municipal de Deodápolis e espera por uma vaga em Dourados

A senhora Iracema Rocha Catelan de 85 anos, está internada no Hospital Municipal Cristo Rei desde o último sábado (07) e precisa ser transferida para um hospital de Dourados com urgência. A senhora esta com fraturas e fortes dores.

 

Conforme apurou o Site Deodapolisnews, familiares da senhora Iracema que é moradora do município de Deodápolis, desde 1969, sofreu uma queda no último sábado e fraturou com o fêmur e segundo os familiares ela está no hospital desde então a base de remédios como morfina, esperando uma transferência para o hospital de Dourados, para então fazer a cirurgia, mas agora por tanto tempo nessa situação estão pedindo transferência para internação, pois a senhora já está com problemas renais, batimentos cardíacos alterados e não está evacuando.

 

Diante desta situação, os familiares estão revoltados com a situação, já que cada vez o quadro clinico da paciente está piorando, devido a espera de transferência, “é deplorável uma situação dessa e não vemos nenhum esforço de parte alguma para a vaga”, destacou uma neta da senhora. Além do hospital, os familiares destacaram já foram pedir ajuda até para o prefeito, “já falamos com Prefeito Valdir e ele disse que não pode fazer nada”, salientou a neta.

 

OUTRO LADO

 

A reportagem entrou em contato com o diretor do hospital, Cleber, que informou que a paciente esta esperando a regularização de uma vaga e não depende do Hospital de Deodápolis e sim do Hospital de Dourados.

 

Sobre o tratamento e o quadro clinico da paciente o diretor não quis dar informações e disse que a família já havia entrado em contato com o site, por isso não iria informar.

 

WHATSAPP DO DEODAPOLISNEWS

 

Tem uma sugestão de matéria? Mande uma mensagem no WhatsApp 67 9 8467-1011, envie seu nome e sobrenome, bairro e cidade onde mora. Você pode enviar flagras, informações, fotos, vídeos, áudios e sua opinião. Ou mande e-mail para contatodeodapolisnews@gmail.com