Ivinhema - MS, segunda-feira, 16 de julho de 2018

10º min
26º min



Publicado em: 12/07/2018 às 13h36

Mulher tem rosto retalhado com caco de vidro durante briga em karaokê


94 FM Dourados - iG notícias

Foto: Reprodução/Irina Malysheva

Vítima receberá ajuda para bancar cirurgia após briga em karaokê

Uma mulher foi agredida ao se envolver em uma briga em um karaokê na Rússia. De acordo com informações do Mirror, Irina Malysheva estava em um bar e teve o rosto rasgado com um pedaço de vidro por uma mulher que fazia um vídeo dela cantando no dia 17 de junho.

 

Irina relatou que, ao perceber que a mulher desconhecida estava gravando sua performance sem permissão, interrompeu a cantoria e pediu para que  apagasse a filmagem. Ela afirmou que a mulher não reagiu bem ao pedido, dando início à  briga em karaokê, localizado em Apsheronsk. 

 

A vítima acrescentou que, depois de trocarem xingamentos dentro bar, as duas foram para o lado de fora do estabelecimento para continuar a discussão. Segundo Irina, após questionar a mulher novamente, foi atacada tendo um copo de vidro quebrado em sua cabeça e um pedaço de vidro enfiado em sua bochecha. 

 

Irina, por fim, acrescentou que tentou se defender das agressões durante briga em karaokê , mas que a russa a imobilizou. Depois do acidente, foi levada às pressas para um hospital local para receber auxílio médico. Os oficiais chamados para apartar a discussão informaram que as investigações policiais já foram iniciadas e que a vítima está recebendo ajuda financeira da modelo russa Alana Mamaeva para pagar tratamento e procedimento cirúrgico que será efetuado em breve.

 

"Eu cheguei ao bar para esperar meu amigo que trabalha lá como chefe de cozinha, e como gosto de cantar, decidi fazer umas performances no karaokê . Foi então que percebi que uma mulher desconhecida estava filmando tudo o que eu fazia. Fiquei muito incomodada e fui pedir para que apagasse o conteúdo. Ela reagiu de forma agressiva, me disse que o celular era dela e que faria o que bem entendesse. Quando fomos para fora, ela simplesmente me atacou com socos e com objetos de vidro”, disse.

 

Malysheva alegou ter ido até o bar para visitar um amigo que trabalha no local, e que decidiu esperá-lo na área do karaokê para que pudessem ir para outro lugar depois do expediente do rapaz.