PUBLICIDADE

Decretos reconhecem estado de calamidade em mais quatro municípios

| DIáRIO DIGITAL / DA REDAçãO


(Foto: Luciana Nassar/Assembleia Legislativa)
PUBLICIDADE

Os municípios de Costa Rica, Chapadão do Sul, Sidrolândia, Douradina e Jardim tiveram reconhecida a ocorrência de estado de calamidade pública, devido à pandemia do novo coronavírus. A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS) publicou, na edição desta quarta-feira (10), do Diário Oficial do Parlamento estadual, decretos legislativos a esse respeito.

O reconhecimento do estado de calamidade pública é previsto no artigo 65 da Lei Complementar 101/2000, a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Com isso, o município pode abrir crédito extraordinário, remanejar, transferir e utilizar reserva de contingência, com o imediato conhecimento da Câmara de Vereadores, realizar contratação emergencial de pessoal, entre outras medidas.

No Diário Oficial da ALEMS de hoje, estão publicados os Decretos Legislativos  636, 637, 638, 639 e 640, que reconhecem a ocorrência do estado de calamidade pública, respectivamente, nos municípios de Costa Rica, Chapadão do Sul, Sidrolândia, Douradina e Jardim.

Os decretos, assinados pelo presidente da Casa de Leis, deputado Paulo Corrêa (PSDB), também estabelecem que a contratação emergencial de pessoal e a autorização de despesas extraordinárias deverão observar os termos dispostos na legislação local, destinadas exclusivamente à situação de calamidade pública. Além disso, os municípios devem divulgar amplamente os atos e despesas decorrentes da situação em seus portais de transparência.

A ocorrência desse estado vigora, inicialmente, até o dia 31 de dezembro deste ano, podendo ser prorrogada com nova solicitação encaminhada pelo prefeito.

(Fonte: Assessoria de imprensa da Assembleia Legislativa)



LEIA MAIS

Geral
Álvaro Antonio, ministro do Turismo, também está com Covid-19(ÁUDIO)
Geral
Bolsonaro vai ao MT e é recebido por multidão aos gritos de ‘mito’
Geral
Lava Jato denuncia Lula por lavagem de R$ 4 milhões em instituto
Investigação apura repasses disfarçados de doação feitos pela Odebrecht ao Instituto Lula entre dezembro de 2013 e março de 2014
Geral
Bolsonaro seria reeleito em 2022 em todos os cenários, diz pesquisa
Geral
Bancada de MS fala em orçamento “magro' para 2021 e quer reajuste maior no salário mínimo
Deputados federais e senadores pelo Estado comentaram proposta da LOA enviada esta semana para o Congresso Nacional
Geral
Bolsonaro anuncia auxílio emergencial de R$ 300 até dezembro
Presidente fez o anúncio nesta terça-feira no o Palácio da Alvorada após participar de café da manhã com parlamentares e integrantes do governo
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE