Secretaria de Saúde confirma transmissão comunitária de Covid-19 em Batayporã

Isso acontece quando não há como identificar origem da contaminação


PUBLICIDADE

JORNAL DA NOVA

Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Omunicípio de Batayporã registra o primeiro caso de transmissão comunitária de Covid-19. A informação foi confirmada pela secretária municipal de Saúde, Marcela Leite, nesta quinta-feira (25), durante transmissão ao vivo na página da Prefeitura Municipal. Com isso, a possibilidade de contágio atinge níveis muito mais elevados.

 

Segundo a Gestora, o primeiro registro trata-se da última confirmação, uma mulher de 31 anos, que não viajou nos últimos dias e nem manteve contato direto com outras pessoas confirmadas para coronavírus. Não sendo possível identificar a origem da contaminação, por esse motivo se caracteriza por transmissão comunitária. A paciente está em isolamento domiciliar e passa bem. As pessoas que tiveram contato com ela estão sendo monitoradas.

 

A Vigilância Epidemiológica investiga a situação desse caso e está tomando as medidas necessárias para a mitigação de danos e controle da transmissão.

 

A Secretária de Saúde reforçou que a população não precisa ter pânico e que o ideal é que se mantenham em casa. “O município está vigilante e preparado para reforçar todas as medidas necessárias”, frisou Marcela.

 

A Gestora confirmou ainda o registro de três novos casos positivos para Covid-19. Conforme relatado, as pessoas que testaram positivo não são servidores públicos e não tem ligação com o último caso confirmado.

 

“Infelizmente esses três novos casos são daquelas recomendações que as pessoas não cumpriram, ou seja, aglomeração em bares e lanchonetes, festas em residências, a presença de viajantes e algumas pessoas viajando. Então, o que está acontecendo hoje já era previsto, até mesmo pela falta de respeito que as pessoas estão tendo com os fiscais da Vigilância Sanitária. Devido a todo esse dilema que estamos enfrentando há alguns dias, hoje estamos sofrendo as consequências”, afirmou Marcela Leite.

 

A Secretária intercedeu ainda pelo bom senso da população diante das pessoas que foram infectadas pelo Coronavírus. “Peço para que as pessoas tenham respeito com os casos confirmados, porque todos estão sujeitos a positivar para Covid-19, porque não sabemos como esse vírus está circulando em nosso município”, defendeu.

 

A orientação é que as pessoas que apresentarem qualquer síndrome respiratório procure o Centro de Triagem de Coronavírus, que funciona no complexo do Pronto Atendimento Médico (PAM), das 7h às 13h.




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE