Ao ver viatura da Força Tática, adolescentes fogem com motoneta pelas ruas de Batayporã

O menor infrator que estava na garupa dispensava algo em via pública no momento da fuga e com ele foi encontrado diversos depósitos provenientes do tráfico de drogas


PUBLICIDADE

JORNAL DA NOVA

Motoneta estava com restrição criminal na cidade de Campo Grande / Imagens: Jornal da Nova
PUBLICIDADE

Dois adolescentes, de 15 e 16 anos, foram apreendidos após tentarem fuga de uma viatura da Força Tática do 8º Batalhão de Polícia Militar de Nova Andradina, na cidade de Batayporã. Perseguição iniciou por volta das 16h40 na Vila Maria Gonçalves.

 

Em patrulhamento pela rua José Eduardo de Barros, Vila Maria Gonçalves, a equipe policial visualizou uma motoneta Honda/Biz, com placa de Batayporã, conduzida por dois adolescentes, saindo de um local conhecido como ponto de venda de entorpecentes.

 

Ao ver a aproximação da viatura, o condutor empreendeu fuga pelas ruas do bairro, avançando placas de pare e com velocidade acima do permitido pelas vias, colocando sua vida e de terceiros em risco.

 

Durante a fuga, o garupa dispensava algo pela via pública, quando defronte a uma residência na rua Luiz Antônio da Silva, bairro Nídio Boffo, os ocupantes se desvencilharam da Biz e tentaram empreender fuga, mas foram detidos.

 

Em busca pessoal no passageiro, foi identificado com um adolescente, de 16 anos, com ele havia diversos depósitos bancários, que segundo o menor infrator, seria proveniente do tráfico de drogas.

 

Já o condutor da motoneta, de 15 anos, nada de ilícito foi encontrado. Os policiai fizeram buscas no caminho da fuga, contudo, não foi possível encontrar nenhum ilícito, pois o caminho da fuga era longo.

 

Em checagem a motoneta, foi constatado que estava com registro criminal da cidade Campo Grande, como também, encontrava-se sem o devido licenciamento desde o ano de 2014.

 

Com auxílio da Polícia Militar de Batayporã, os suspeitos e a motoneta foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil, onde o caso foi registrado.

 

Segundo o boletim de ocorrência, após os procedimentos criminais, foram tomadas as devidas providências no tocante as infrações de trânsito, conforme determina o CTB (Código de Trânsito Brasileiro).




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE