PUBLICIDADE

MOMENTO DE GRAÇA: Redenção

| IVINOTICIAS/L.E.C.


“As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; Novas são cada manhã; grande é a tua fidelidade. A minha porção é o Senhor, diz a minha alma; portanto esperarei nele. Bom é o Senhor para os que esperam por ele, para a alma que o busca. Bom é ter esperança, e aguardar em silêncio a salvação do Senhor.”

Lamentações 3:22-26

 

            Deus sempre amou a misericórdia e o perdão, até porque Deus é o amor. Temos sempre a impressão de que Deus está furioso e pronto a fazer vingança. Deus não tem prazer na morte do pecador, mas deseja que possa se arrepender e se salvar.

“Desejaria eu, de qualquer maneira, a morte do ímpio? diz o Senhor DEUS; Não, desejo antes que se converta dos seus caminhos, e viva?”  Ezequiel 18:23

 

            Gostaria de te apresentar uma maravilhosa história bíblica de redenção, onde Deus opera uma grande obra.

            Quando faleceu o profeta Moisés, Josué ficou em seu lugar. O povo ainda não tinha entrado na terra que Deus havia lhes prometido, então Josué mandou espiões para olhar a terra. Vamos ver um pouco do texto:

 

“E Josué, filho de Num, enviou secretamente, de Sitim, dois homens a espiar, dizendo: Ide reconhecer a terra e a Jericó. Foram, pois, e entraram na casa de uma mulher prostituta, cujo nome era Raabe, e dormiram ali.”   Josué 2:1          

 

          Raabe era uma mulher prostituta na cidade de Jericó, onde os espiões foram enviados. No entanto no texto que vamos ver, podemos perceber que ela sentiu a necessidade de ajudar aqueles espiões. Vejamos:

 

“Então deu-se notícia ao rei de Jericó, dizendo: Eis que esta noite vieram aqui uns homens dos filhos de Israel, para espiar a terra. Por isso mandou o rei de Jericó dizer a Raabe: Tira fora os homens que vieram a ti e entraram na tua casa, porque vieram espiar toda a terra. Porém aquela mulher tomou os dois homens, e os escondeu, e disse: É verdade que vieram homens a mim, porém eu não sabia de onde eram. E aconteceu que, havendo-se de fechar a porta, sendo já escuro, aqueles homens saíram; não sei para onde aqueles homens se foram; ide após eles depressa, porque os alcançareis. Porém ela os tinha feito subir ao eirado, e os tinha escondido entre as canas do linho, que pusera em ordem sobre o eirado. E foram-se aqueles homens após eles pelo caminho do Jordão, até aos vaus; e, havendo eles saído, fechou-se a porta. E, antes que eles dormissem, ela subiu a eles no eirado;

 

E disse aos homens: Bem sei que o Senhor vos deu esta terra e que o pavor de vós caiu sobre nós, e que todos os moradores da terra estão desfalecidos diante de vós. Porque temos ouvido que o Senhor secou as águas do Mar Vermelho diante de vós, quando saíeis do Egito, e o que fizestes aos dois reis dos amorreus, a Siom e a Ogue, que estavam além do Jordão, os quais destruístes. O que ouvindo, desfaleceu o nosso coração, e em ninguém mais há ânimo algum, por causa da vossa presença; porque o Senhor vosso Deus é Deus em cima nos céus e em baixo na terra. Agora, pois, jurai-me, vos peço, pelo Senhor, que, como usei de misericórdia convosco, vós também usareis de misericórdia para com a casa de meu pai, e dai-me um sinal seguro, de que conservareis com a vida a meu pai e a minha mãe, como também a meus irmãos e a minhas irmãs, com tudo o que têm e de que livrareis as nossas vidas da morte.

 

Então aqueles homens responderam-lhe: A nossa vida responderá pela vossa até à morte, se não denunciardes este nosso negócio, e será, pois, que, dando-nos o Senhor esta terra, usaremos contigo de misericórdia e de fidelidade.

 

Ela então os fez descer por uma corda pela janela, porquanto a sua casa estava sobre o muro da cidade, e ela morava sobre o muro.”

 

Josué 2:2-15

 

Raabe ajudou os espiões, e eles prometeram conservar a sua vida e de sua família. Veja que Raabe apenas ouviu dizer que Deus operara milagres no Egito quando o povo de Israel saiu do cativeiro, e ela apenas ouviu e creu.

 

Deus tem falado tanto nesses dias como no passado, muitos têm ouvido a mensagem e estão crendo, para outros apenas ouvir não basta. No entanto Deus é poderoso para dar um sinal real da sua mensagem, mas temos que mostrar um mínimo de interesse se quisermos encontrar salvação no dia da adversidade.

 

Continuando:

 

            Era chegado o dia da invasão em Jericó para tomarem posse da terra, e Josué deu a ordem:

 

“E sucedeu que, tocando os sacerdotes pela sétima vez as buzinas, disse Josué ao povo: Gritai, porque o Senhor vos tem dado a cidade. Porém a cidade será anátema ao Senhor, ela e tudo quanto houver nela; somente a prostituta Raabe viverá; ela e todos os que com ela estiverem em casa; porquanto escondeu os mensageiros que enviamos.”   Josué 6:16-17

 

            Raabe e sua família foram salvos.

 

            “Gritou, pois, o povo, tocando os sacerdotes as buzinas; e sucedeu que, ouvindo o povo o sonido da buzina, gritou o povo com grande brado; e o muro caiu abaixo, e o povo subiu à cidade, cada um em frente de si, e tomaram a cidade. E tudo quanto havia na cidade destruíram totalmente ao fio da espada, desde o homem até à mulher, desde o menino até ao velho, e até ao boi e gado miúdo, e ao jumento. Josué, porém, disse aos dois homens que tinham espiado a terra: Entrai na casa da mulher prostituta, e tirai-a de lá com tudo quanto tiver, como lhe tendes jurado. Então entraram os jovens espias, e tiraram a Raabe e a seu pai, e a sua mãe, e a seus irmãos, e a tudo quanto tinha; tiraram também a toda a sua parentela, e os puseram fora do arraial de Israel.”    

Josué 6:20-23

 

            Raabe salvou toda sua família da morte, pois teve uma atitude sábia.

“Assim deu Josué vida à prostituta Raabe e a família de seu pai, e a tudo quanto tinha; e habitou no meio de Israel até ao dia de hoje; porquanto escondera os mensageiros que Josué tinha enviado a espiar a Jericó.”

Josué 6:25

 

           Raabe não só foi salva, mas com a graça de Deus foi acolhida pelo povo de Israel, e ela recebeu uma nova vida. Ela se casou com um homem chamado Salmom, e tiveram um filho que casou-se com uma mulher chamada Rute (do livro de Rute), Rute casou-se com um homem chamado Boaz, que por sua vez foi pai de Obed, que foi pai de Jessé, que foi pai do rei Davi. Raabe, de prostituta se tornou tataravó do rei Davi, fazendo parte da linhagem dos reis.

 

Mas o mais interessante vem agora, veja essa genealogia abaixo:

 

“Livro da geração de Jesus Cristo, filho de Davi, filho de Abraão. Abraão gerou a Isaque; e Isaque gerou a Jacó; e Jacó gerou a Judá e a seus irmãos; E Judá gerou, de Tamar, a Perez e a Zerá; e Perez gerou a Esrom; e Esrom gerou a Arão; E Arão gerou a Aminadabe; e Aminadabe gerou a Naassom; e Naassom gerou a Salmom; E Salmom gerou, de Raabe, a Boaz; e Boaz gerou de Rute a Obede; e Obede gerou a Jessé; E Jessé gerou ao rei Davi; e o rei Davi gerou a Salomão da que foi mulher de Urias. E Salomão gerou a Roboão; e Roboão gerou a Abias; e Abias gerou a Asa; E Asa gerou a Josafá; e Josafá gerou a Jorão; e Jorão gerou a Uzias; E Uzias gerou a Jotão; e Jotão gerou a Acaz; e Acaz gerou a Ezequias; E Ezequias gerou a Manassés; e Manassés gerou a Amom; e Amom gerou a Josias; E Josias gerou a Jeconias e a seus irmãos na deportação para babilônia. E, depois da deportação para a babilônia, Jeconias gerou a Salatiel; e Salatiel gerou a Zorobabel; E Zorobabel gerou a Abiúde; e Abiúde gerou a Eliaquim; e Eliaquim gerou a Azor; E Azor gerou a Sadoque; e Sadoque gerou a Aquim; e Aquim gerou a Eliúde; E Eliúde gerou a Eleazar; e Eleazar gerou a Matã; e Matã gerou a Jacó; E Jacó gerou a José, marido de Maria, da qual nasceu JESUS, que se chama o Cristo.” 

Mateus 1:1-16

 

          Agora observe a maravilhosa graça de Deus. Veja no pedaço em destaque no texto o nome da ex-prostituta Raabe na genealogia de Jesus Cristo. Raabe a prostituta, agora era mãe de família, e fez parte da genealogia de dos reis e do Rei Jesus. Pela sua fé, Deus há honrou.

 

Deus mudou o seu nome, deu-lhe uma família. Agora ela não era mais Raabe a prostituta, mas sim, Raabe á mãe de família. E para confirmar sua redenção, Deus a colocou na geração de Jesus. Muitos que falaram mal dela, talvez nem imaginassem a honra que ela recebeu da parte de Deus: Um novo nome, um nome de honra.

 

Deus quer limpar o nome de muitas pessoas, mas para isso, ele precisa limpar o coração primeiro, se essa pessoa deixar. Não importa quem é você, Deus pode te honrar, e fazer da sua vida uma lição de redenção, amor e paz. Basta você crer e querer fazer o bem.

 

          Nessa outra história vemos outra pessoa que recebeu uma grande redenção de Jesus:

 

O apóstolo Pedro.

 

           Pedro foi chamado por Jesus para ser discípulo. Mas Pedro tinha um gênio muito forte, desejava uma posição de liderança, e sempre estava pronto a agir rápido. Tomava a frente de todos, mas ele ainda precisava de muito treinamento. Observe esse texto:

“E, chegando Jesus às partes de Cesaréia de Filipe, interrogou os seus discípulos, dizendo: Quem dizem os homens ser o Filho do homem?

 

E eles disseram: Uns, João o Batista; outros, Elias; e outros, Jeremias, ou um dos profetas. Disse-lhes ele: E vós, quem dizeis que eu sou?

 

E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo.

 

E Jesus, respondendo, disse-lhe: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque to não revelou a carne e o sangue, mas meu Pai, que está nos céus. Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela; E eu te darei as chaves do reino dos céus; e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.”

 

Mateus 16:13-19

 

            Veja que Jesus lhes perguntou quem o povo pensava que ele era. Os outros discípulos responderam o que Jesus perguntou, mas na segunda pergunta Pedro toma a frente e impressiona a todos com uma resposta firme, dizendo: Tu és Cristo, o filho de Deus.

 

Então Jesus o elogiou e lhe fez boas promessas na frente de todos. Acredito que Pedro deve ter ficado muito alegre, pois recebeu um elogio muito agradável.

 

            Mas veja esse outro texto logo em seguida:

 

            “Desde então começou Jesus a mostrar aos seus discípulos que convinha ir a Jerusalém, e padecer muitas coisas dos anciãos, e dos principais dos sacerdotes, e dos escribas, e ser morto, e ressuscitar ao terceiro dia. E Pedro, tomando-o de parte, começou a repreendê-lo, dizendo:

 

Senhor, tem compaixão de ti; de modo nenhum te acontecerá isso.

 

Ele, porém, voltando-se, disse a Pedro:

 

Para trás de mim, Satanás, que me serves de escândalo; porque não compreendes as coisas que são de Deus, mas só as que são dos homens.”    

 

Mateus 16:21-23

 

            Pedro tomou uma bronca daquelas. Ele foi querer ensinar o mestre e levou uma repreensão.

 

            Veja que Pedro era bem pra frente e sua impaciência o atrapalhava, pois queria provar a todos que era corajoso e preparado para ser vamos se dizer assim, algum líder. Só que Jesus sabia dos intentos do seu coração, e tinha tudo no controle.

 

Jesus sabia que estava chegando o dia da sua morte, então Ele chamou os discípulos e foram orar. Judas o traidor, já o havia entregado, e quando os soldados apareceram, Pedro tomou a liderança de novo:

 

            Tendo, pois, Judas recebido a coorte e oficiais dos principais sacerdotes e fariseus, veio para ali com lanternas, e archotes e armas.  (João 18:3)

 

Jesus respondeu: Já vos disse que sou eu; se, pois, me buscais a mim, deixai ir estes; (João 18:8)

 

            Os soldados chegaram e Jesus se apresentou e pediu que liberassem os discípulos. Mas Pedro já quis resolver na ora, como sempre:

 

            “Então Simão Pedro, que tinha espada, desembainhou-a, e feriu o servo do sumo sacerdote, cortando-lhe a orelha direita. E o nome do servo era Malco.

 

Mas Jesus disse a Pedro: Põe a tua espada na bainha; não beberei eu o cálice que o Pai me deu?”    

João 18:10-11

 

            Certo... Mas antes desse momento, Jesus estava conversando com os discípulos e os avisando do que aconteceria em breve:

            “E disse-lhes Jesus: Todos vós esta noite vos escandalizareis em mim; porque está escrito: Ferirei o pastor, e as ovelhas se dispersarão. Mas, depois que eu houver ressuscitado, irei adiante de vós para a Galiléia. E disse-lhe Pedro:

 

Ainda que todos se escandalizem, nunca, porém, eu.

 

E disse-lhe Jesus:

 

Em verdade te digo que hoje, nesta noite, antes que o galo cante duas vezes, três vezes me negarás.

Mas ele disse com mais veemência:

 

Ainda que me seja necessário morrer contigo, de modo nenhum te negarei.”

Marcos 14:27-31

 

            Veja que Pedro puxou a fila da coragem, e disse que todos podiam falhar, mas ele não. Mas se Jesus falou, ta falado meu amigo. E o que aconteceu?

 

Confira abaixo:

 

            “Ora, Pedro estava assentado fora, no pátio; e, aproximando-se dele uma criada, disse:

- Tu também estavas com Jesus, o galileu.

Mas ele negou diante de todos, dizendo:

- Não sei o que dizes.

E, saindo para o vestíbulo, outra criada o viu, e disse aos que ali estavam:

- Este também estava com Jesus, o Nazareno.

E ele negou outra vez com juramento:

- Não conheço tal homem.

E, daí a pouco, aproximando-se os que ali estavam, disseram a Pedro:

- Verdadeiramente também tu és deles, pois a tua fala te denuncia.

Então começou ele a praguejar e a jurar, dizendo:

- Não conheço esse homem.

E imediatamente o galo cantou.

E lembrou-se Pedro das palavras de Jesus, que lhe dissera: Antes que o galo cante, três vezes me negarás. E, saindo dali, chorou amargamente.”

 Mateus 26:69-75

 

            Pedro não cumpriu sua promessa de coragem e negou Jesus três vezes, e ainda jurou e praguejou contra seu mestre.

            Porém Jesus morreu, mas no terceiro dia ressuscitou como havia prometido. Então apareceu aos discípulos. Aqui temos um detalhe muito importante do nosso estudo, vejamos:

 

            “Disse-lhes Simão Pedro:

- Vou pescar.

Dizem-lhe eles:

- Também nós vamos contigo.

Foram, e subiram logo para o barco, e naquela noite nada apanharam.

E, sendo já manhã, Jesus se apresentou na praia, mas os discípulos não conheceram que era Jesus.

Disse-lhes, pois, Jesus:

- Filhos, tendes alguma coisa de comer?

Responderam-lhe:

- Não.

E Ele lhes disse:

- Lançai a rede para o lado direito do barco, e achareis.

Lançaram-na, pois, e já não a podiam tirar, pela multidão dos peixes. Então aquele discípulo, a quem Jesus amava, disse a Pedro:

- É o Senhor.

E, quando Simão Pedro ouviu que era o Senhor, cobriu-se com a túnica (porque estava despido) e lançou-se ao mar.

 

E os outros discípulos foram com o barco (porque não estavam distantes da terra senão quase duzentos metros), levando a rede cheia de peixes.

 

Logo que desceram para terra, viram ali brasas, e um peixe posto em cima, e pão. Disse-lhes Jesus:

 

- Trazei dos peixes que agora apanhastes.

Simão Pedro subiu e puxou a rede para terra, cheia de cento e cinqüenta e três grandes peixes e, sendo tantos, não se rompeu a rede. Disse-lhes Jesus:

- Vinde, comei.

E nenhum dos discípulos ousava perguntar-lhe: Quem és tu?

Sabendo que era o Senhor. Chegou, pois, Jesus, e tomou o pão, e deu-lhes e, semelhantemente o peixe.”       

João 21:3-13

 

            Quando Pedro percebeu que era Jesus, pulou rapidamente ao mar e foi ao encontro Dele. Jesus chamou todos para sentarem e comerem. Acredito que Pedro devia estar com muito medo e vergonha de todos, pois havia negado á Jesus três vezes, como disse que não ia fazer. E agora com que cara ia se apresentar ao mestre?

 

Após jantarem, Jesus chamou Pedro e lhe disse:

 

            “E, depois de terem jantado, disse Jesus a Simão Pedro:

- Simão, filho de Jonas, amas-me mais do que estes?

E ele respondeu:

- Sim, Senhor, tu sabes que te amo.

Disse-lhe:

- Apascenta as minhas ovelhas.

Tornou Jesus a dizer-lhe pela segunda vez:

- Simão, filho de Jonas, amas-me?

Disse-lhe Pedro:

- Sim, Senhor, tu sabes que te amo.

Disse-lhe Jesus novamente:

- Apascenta as minhas ovelhas.

Disse-lhe Jesus uma terceira vez:

- Simão, filho de Jonas, amas-me?

Simão entristeceu-se por lhe ter dito uma terceira vez: Amas-me?

E disse-lhe Pedro:

- Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo.

Jesus disse-lhe:

- Apascenta as minhas ovelhas.” 

 

João 21:15-17

 

            Jesus perguntou por três vezes se Pedro o amava, e foi a mesma quantidade de vezes que Pedro o negou. Então Pedro entristeceu-se, pois se lembrou da sua promessa não cumprida, e viu que Jesus acabara de lhe ensinar a maior das lições: a humildade e o perdão.

 

Mas Jesus no seu imenso amor, não ficou lhe repreendendo na frente de todos, nem sendo grosso ou estúpido, mas simplesmente por mais uma vez lhe confiou novamente a sua missão: Apascenta as minhas ovelhas.

Jesus deixou bem claro a sua forma de pensar:

 

            E disse também esta parábola a uns que confiavam em si mesmos, crendo que eram justos, e desprezavam os outros:

“Dois homens subiram ao templo, para orar; um mestre da lei, e o outro, um pecador. O mestre, estando em pé, orava consigo desta maneira:

 

- Ó Deus, graças te dou porque não sou como os demais homens, roubadores, injustos e adúlteros; nem ainda como este pecador. Jejuo duas vezes na semana, e dou os dízimos de tudo quanto possuo.

 

O pecador, porém, estando em pé, de longe, nem ainda queria levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo:

- Ó Deus, tem misericórdia de mim, pecador!

 

Digo-vos que o pecador desceu para sua casa perdoado por Deus, e não o mestre da lei; porque qualquer que a si mesmo se exaltar será humilhado, e qualquer que a si mesmo se humilhar será exaltado.”

Lucas 18:9-14

 

            Talvez você esteja afastado da paz com Deus por algum motivo, ou talvez você queira seguir a Jesus, mas não consegue, ou pode ser que você ainda nem conheça o amor de Deus. Mas eu quero te dizer que assim como Deus transformou uma prostituta numa mulher de família, e lhe deu um nome de honra, e assim também como depois de Pedro ter falhado por três vezes, Jesus o perdoou e lhe confiou novamente sua missão, Deus pode todas as coisas e pode te abençoar aonde quer que você esteja. Basta você crer e querer.

 

         Jesus nunca humilhou um pecador, ao contrário, Ele sempre estendeu a mão. Jesus criticou duramente e ficou irado com os líderes religiosos da época, que usavam as escrituras em beneficio próprio.

Para o pecador arrependido nesta vida, sempre haverá perdão.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE