PUBLICIDADE

Ayrton Senna é o piloto mais rápido da F1 nas últimas quatro décadas, informa estudo

Levantamento encomendado pela categoria mostra que tricampeão foi o mais veloz na comparação com colegas de equipe nas classificações, onde se afere velocidade bruta dos pilotos

| GLOBO ESPORTE


Ayrton Senna é o piloto de Fórmula 1 mais rápido das últimas quatro décadas. É o que aponta um estudo encomendado pela categoria à Amazon Web Services (AWS), que utilizou uma ferramenta única com tecnologia de machine learning (ML) para fornecer uma classificação objetiva, baseada em dados de todos os pilotos desde a temporada de 1983 até os dias atuais.

Ayrton Senna acelera McLaren-Honda em Monza, em 1991 — Foto: Getty Images

Na aferição dos dados obtidos nos resultados das sessões de classificação que definiram os grids de largada no período, Senna superou o heptacampeão mundial Michael Schumacher em 0s114, enquanto o inglês Lewis Hamilton ficou na terceira posição, com um tempo relativo 0s275 acima.

 

Segundo a F1 informou, ao comparar companheiros de equipe em classificação, a ferramenta baseada em machine learning foca a análise no desempenho do piloto, e, ao comparar os tempos de volta só entre companheiros de equipe. Foi usado o algoritmo Fastest Driver para normalizar o desempenho do carro e da equipe, para construir uma imagem de como os pilotos de diferentes gerações podem ser comparados, analisando a velocidade bruta.


- Dentro do ambiente de equipe, esse tipo de modelagem é usado para tomar decisões importantes sobre as escolhas do piloto. Como os pilotos são, na maioria das vezes, o ativo mais caro da equipe, é importante que o processo de seleção seja o mais robusto possível. Um processo como este, portanto, seria implantado pela equipe de estrategistas da F1 a fim de apresentar a seleção mais objetiva e baseada em evidências possível. É importante notar que essa velocidade pura é o único elemento do vasto arsenal de pilotos que estamos analisando aqui, para identificar os mais rápidos de todos os tempos, o que é muito empolgante - disse Rob



LEIA MAIS

F-1
Hamilton vence GP da Bélgica de Fórmula 1 e fica a duas vitórias do recorde de Schumacher (ÁUDIO)
F-1
Hamilton lidera terceiro treino livre na Bélgica; Vettel dá vexame e é o último
F-1
F1: Interlagos terá esquema de segurança com mil policiais para o GP do Brasil
O número é parecido com o que costuma ser utiizado em clássicos entre dois grandes clubes de São Paulo
F-1
Lewis Hamilton é hexacampeão mundial de Fórmula 1
F-1
GP da França: Bottas bate Hamilton em nova dobradinha da Mercedes no terceiro treino livre
Em mais uma disputa apertada no topo, finlandês faz o melhor tempo do fim de semana, enquanto Ferrari até vai bem nos primeiros setores da pista, mas sofre justamente no último
F-1
Análise: com dedo de Sampaoli, Santos sobra no Brasileiro (e na Vila), alterna estilo e amassa rival
Peixe vai tranquilo para a pausa da Copa América e ao menos na vice-liderança
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE