PUBLICIDADE

BATAYPORÃ: Dupla é presa após tentativa de roubo e ameaça

Meliantes tentaram roubar um bar e depois ainda ameaçaram caminhoneiros em um posto de combustível

| JORNAL DA NOVA


Viatura da Polícia Militar / Imagens: Arquivo/Jornal da Nova

Na madrugada desta sexta-feira (11), a Polícia Militar de Batayporã prendeu, dois jovens por arrombamento a um estabelecimento comercial e tentativa de roubo.

 

Os jovens, sendo um de 21 anos e o outro de 19 anos, arrombaram a porta de um bar localizado ao lado do Terminal Rodoviário de Batayporã, porém, ao perceberem que o alarme havia disparado, empreenderam fuga e foram até o pátio de um posto de combustível, às margens da rodovia MS-276.

 

No posto, de posse de uma faca, os meliantes ameaçavam os caminhoneiros no momento em que eles se aproximavam dos banheiros.


Testemunhas ligaram para a Polícia de Militar, que esteve no posto de combustível e conseguiu prendeu um dos autores, de 19 anos, sendo que o segundo autor fugiu do local em direção a cidade e dispensou a faca.

 

Durante diligências, o proprietário do bar entrou em contato com a guarnição da Polícia Militar, informando que havia capturado o segundo autor.


Os dois suspeitos foram reconhecidos pelas testemunhas do posto de combustível e conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de Batayporã, juntamente com as vítimas.



LEIA MAIS

Batayporã
Veículo capota na MS-276 e deixa um ferido em Batayporã
Acidente ocorreu nesta quarta-feira (14), a 11 km do perímetro urbano
Batayporã
Incêndio atinge cozinha da Escola Estadual Jan Antonin Bata em Batayporã
Equipes chegaram ao local e tentam conter as chamas que estão altas
Batayporã
Prefeito aciona Ministério Público e quita parcelamento atrasado do INSS
Batayporã
Germino usa redes sociais e mostra situação de maquinários da prefeitura
Batayporã
Condutor perde o controle, capota veículo e fica ferido na MS-134 em Batayporã
Batayporã
BATAYPORÃ: ‘Falta de anonimato’ exclui multa por postagem contra candidato em rede social, diz Justiça
Pedido feito em Batayporã também foi recusado em relação à remessa do caso para abertura de procedimento criminal
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE