PUBLICIDADE

Brasil reconhece situação de refugiado a mais 7.786 venezuelanos (ÁUDIO)

| RADIO 2


Imagem ilustrativa
PUBLICIDADE

Pouco mais de 7 mil e 700 venezuelanos tiveram a situação de refugiados reconhecida pelo governo brasileiro nesta semana.

 

Em uma publicação no Diário Oficial da União, o Conare, Comitê Nacional para os Refugiados formalizou o reconhecimento da condição de mais 7 mil, 786 venezuelanos que já vivem no Brasil.

 

Estima-se que cerca de 260 mil venezuelanos vivam no nosso país atualmente. São pessoas que deixaram a Venezuela em busca de melhores condições de vida.

 

O país vizinho enfrenta há anos situação de instabilidade política e de crise econômica.

 

Segundo o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, até julho de 2020, mais de 130 mil venezuelanos tinham pedido refúgio ao Estado brasileiro.

 

Desse total, 38 mil, 359 tiveram o status reconhecido até sexto mês deste ano.

 

Vale ressaltar que qualquer pessoa pode solicitar refúgio no nosso país e, quando isso acontece, a pessoa é autorizada a permanecer em território nacional até a decisão final sobre o pedido.

 

Além disso, o solicitante também tem o direito de utilizar os serviços públicos e tirar documentos, como CPF e Carteira de Trabalho.

 

Quando o status de refugiado é reconhecido, o imigrante recebe autorização de residência por prazo indeterminado e pode, depois de 4 anos, pedir naturalização como brasileiro.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE