PUBLICIDADE

NOVA ANDRADINA: Colega que matou outro a facadas e jogou corpo no rio é condenado a 12 anos de prisão

Depois do assassinato, o autor ainda teria ameaçado uma pessoa que acabou testemunhando o crime

| MIDIAMAX/JORNAL DA NOVA


Imagem ilustrativa
PUBLICIDADE

Foi condenado em julgamento nesta quinta-feira (17), Jean de Souza Silva de 24 anos, pela morte de Reginaldo Ferreira Penteado em Nova Andradina, a 297 quilômetros de Campo Grande. O crime aconteceu em dezembro de 2019.

 

Jean foi condenado a 12 anos de prisão em regime fechado por homicídio qualificado por meio cruel. O julgamento aconteceu por videoconferência por causa do coronavírus, segundo o site Jornal da Nova.

 

O crime aconteceu no dia 14 de dezembro, mas o corpo só foi localizado no dia 19, no Córrego São Benedito, zona rural de Nova Andradina. Na delegacia, o suspeito contou que matou Reginaldo a golpes de faca em uma carvoaria e depois jogou o corpo da vítima no córrego. Ele ainda teria ameaçado de morte uma testemunha que teria presenciado os fatos, para que não contasse a ninguém.



LEIA MAIS

Nova Andradina
NOVA ANDRADINA: Durante fabricação de sabão de álcool, três pessoas sofrem queimaduras
Nova Andradina
NOVA ANDRADINA: Homem tem mais de R$ 700 furtados de sua conta corrente
Vítima possui um cartão de débito e crédito junto ao Carrefour, que foi clonado
Nova Andradina
NOVA ANDRADINA: SIG indicia suspeito de furtar ferragens de obra da Prefeitura
Nova Andradina
Carro bate em capivara, capota várias vezes e duas pessoas morrem em MS
Nova Andradina
NOVA ANDRADINA: Ladrão furta aparelho de som de carro
Vítima, de 31 anos se ausentou do veículo por cerca de 20 minutos
Nova Andradina
NOVA ANDRADINA: Usina é multada em R$ 100 mil por incêndio em vegetação
Para identificar o crime, polícia utilizou a técnica de sobreposição de imagens via satélite
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE