PUBLICIDADE

Mantida prisão de grupo que tentaria roubar banco no interior a mando de detento

Um dos envolvidos já havia sido preso em março

| MIDIAMAX


(Foto: Arquivo, Midiamax)
PUBLICIDADE

Em audiência de custódia nesta segunda-feira (21), foi mantida prisão dos três jovens, dois de 18 e um de 19 anos, envolvidos no plano de assalto à uma agência bancária. Um dos suspeitos já tinha sido preso em março deste ano com munições, mas acabou liberado horas depois.

 

Nesta segunda-feira, o juiz Valter Tadeu de Carvalho determinou a prisão preventiva dos três acusados, presos no domingo (20). Com isso, os suspeitos que participariam do roubo ao banco em Cassilândia serão encaminhados ao presídio.

 

Ainda conforme apurado pelo Midiamax, em março deste ano o rapaz de 19 anos já tinha sido preso portando munições. Naquele dia 11 ele foi flagrado por equipe do GOI (Grupo de Operações de Investigações) com 10 munições calibre 38, no Aero Rancho. Assim, ele chegou a dizer que apenas revenderia as munições.

 

Horas depois de ser preso, ele acabou liberado com pagamento de fiança de R$ 1,5 mil. Já neste domingo, ele foi preso saindo de uma casa no Jardim das Hortências, onde foram encontradas as 4 armas de fogo que seriam utilizadas no roubo ao banco.

 

Tentativa de roubo frustrada
As prisões aconteceram partir da informação de que um assalto a uma agência bancária aconteceria nos mesmos moldes do ocorrido em Nova Alvorada do Sul, em julho. Assim, equipes do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros) identificaram a casa onde alguns suspeitos estariam, em Campo Grande.

Com isso, dois rapazes de 18 e 19 anos foram presos na Capital, enquanto um jovem de 18 anos foi preso em Cassilândia e um adolescente de 17 anos apreendido.

 

Como seria o assalto
A princípio, as informações dão conta que o grupo pretendia sequestrar e manter em cárcere privado a família de funcionário do banco. Então, ele seria obrigado a colaborar com o assalto e o grupo entraria na agência pelo forro. Com isso, os bandidos teriam acesso ao cofre e roubariam os valores, não especificados.

 

Além disso, foi apurado que o plano partiu de um detento, que está custodiado em unidade prisional de Campo Grande. Ele já teria sido identificado, mas não foram revelados outros detalhes sobre quem seria.

 

Prisões
No início da tarde de domingo (20), investigadores fizeram monitoramento na residência, no Jardim das Hortências, onde localizaram os dois suspeitos de 19 e 18 anos. Com eles, também foram encontradas as armas que seriam usadas para o crime, dois revólveres calibres 32 e 38, uma espingarda calibre 12 e uma carabina calibre 44.

 

Além destes, também foram localizados por outras equipes do Garras outros dois envolvidos em Cassilândia, sendo um deles um jovem de 18 anos. Este daria abrigo para a quadrilha realizar o roubo. Ele ainda confessou que receberia R$ 2 mil pelo serviço e que não participaria diretamente do assalto. Também chegou a revelar que só aceitou porque estava em dívida com facção criminosa.

 

Enquanto isso, o adolescente de 17 anos que também foi apreendido em Cassilândia, foi liberado no mesmo dia. Ele ficou em silêncio durante o interrogatório. O caso é tratado como posse irregular de arma de fogo, corrupção de menor e associação criminosa com participação de adolescente.



LEIA MAIS

Geral
A Fazenda: Indicada por Mariano, Luiza Ambiel é eliminada com 11,01% dos votos
O ator Mateus Carrieri e a MC Mirella retornaram à casa
Geral
Após investigações, Civil fecha 'boca de fumo' e apreende maconha
Geral
Trabalho no campo em MS pode ter incentivo garantido por lei
Geral
Criador do bordão 'bigodin finin, cabelin na régua' morre afogado no RJ
Corpo foi encontrado na manhã de hoje
Geral
'The Voice': dancinha de IZA, Lulu Santos impactado e bloqueio de Teló marcam noite de Audições
Reveja os melhores momentos das apresentações do terceiro dia de competição!
Geral
Pitbulls invadem casa e atacam poodle
Com medo, moradora não conseguiu sair da própria casa por conta dos cães
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE