Presos estelionatários que aplicaram golpe de R$ 100 mil


PUBLICIDADE

TV MORENA

Dois estelionatários foram presos em Campo Grande depois que aplicaram golpe no comércio utilizando cheques em nome de homem falecido em 2003. Elias da Silva Correa Junior, 30 anos, e Renato Benites, 38 anos, foram presos em flagrante quando buscavam materiais de decoração comprados de forma fraudulenta. Segundo a Polícia Civil, o prejuízo dos comerciantes pode ultrapassar os R$ 100 mil.


A prisão foi no dia 10, quinta-feira, às 17 horas. A proprietária de uma empresa de reciclagem de pneus já tinha vendido quatro pneus de caminhão a Elias da Silva Correa Junior, que havia apresentado cheques em nome de Luis Marconde Ramos Cipriano. Foi descoberto que Cipriano já estava morto há oito anos e o caso foi levado à polícia.


Rastreando as ações dos golpistas, a polícia descobriu que eles já tinham feito outra compra, desta vez em uma loja de decoração no bairro Aero Rancho e ficaram de buscar o material na quinta-feira. Os dois foram até a loja e presos em flagrante. No carro em que os dois estavam foram encontrados os quatro pneus e um para-choques comprado em outra empresa.


Depois da prisão, outros comerciantes registraram boletim de ocorrência nos dias 11 e 14, por terem sido lesados no mesmo golpe. Os estelionatários fizeram compras em lojas do shopping e estima-se que o prejuízo dos comerciantes ultrapasse R$ 100 mil com a venda de roupas, material de informática e de construção.




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE