PUBLICIDADE

Defesa de Robinho volta a negar que atacante cometeu violência sexual

Jogador reitera que não cometeu o crime do qual é acusado e que sempre que se relacionou sexualmente foi de maneira consentida, dizem advogados

| ESPORTES R7


Foto: Divulgação - Robson Fernandjes/Estadão Conteúdo
PUBLICIDADE

A defesa de Robinho se posicionou a respeito dos detalhes do processo em que o jogador foi condenado a nove anos de prisão em primeira instância na Itália por estupro coletivo contra uma jovem de origem albanesa.

 

Os advogados do atleta, anunciado como reforço do Santos e que teve o contrato suspenso após repercussão negativa, afirmaram que houve um "equívoco de interpretação" em relação às conversas gravadas com autorização judicial e voltaram a negar que o atacante seja culpado pelo crime.

 

Transcrições de interceptações telefônicas realizadas com autorização judicial mostraram que Robinho revelou ter participado do ato que levou uma mulher albanesa a acusar o jogador e cinco amigos de estupro coletivo, em Milão, na Itália. Em 2017, a Justiça italiana se baseou principalmente nessas gravações para condenar o atacante em primeira instância.

 

De acordo com a investigação, Robinho e outros cinco amigos, incluindo Ricardo Falco, que também foi condenado, levaram a mulher ao camarim de uma boate chamada Sio Café, em Milão, e lá abusaram sexualmente dela. O caso aconteceu em 22 de janeiro de 2013, quando o atleta defendia o Milan. Os outros suspeitos deixaram a Itália ao longo da investigação, e por isso a participação deles no ato é alvo de outro processo.

 

Segundo os advogados de Robinho, Alexander Guttieres, Franco Moretti e Marisa Alija, ele não é culpado pelo crime e a relação sexual foi consentida. "O jogador reitera que não cometeu o crime do qual é acusado e que sempre que se relacionou sexualmente foi de maneira consentida", diz trecho da nota oficial.

 

A defesa do jogador afirmou que "não houve violência sexual, tampouco admissão de culpa nas interceptações telefônicas", disse que "há nos autos provas suficientes da inocência de Robinho" e que existem "outras que ainda serão apresentadas à Justiça italiana que certamente levarão à sua absolvição".



LEIA MAIS

Futebol
Fábio Santos aceita papel de líder, exalta Cássio e vê carga pesada sobre o elenco do Corinthians
Jogador de 35 anos assinou contrato com o Timão até o fim da próxima temporada
Futebol
Grêmio pede anulação de jogo com São Paulo e afastamento de Gaciba
Tricolor gaúcho, porque árbitro da partida contra Tricolor paulista foi substituído horas antes do jogo a pedido do time de Fernando Diniz
Futebol
Com papel importante, Fábio Santos fala sobre retorno ao Corinthians em 'momento diferente'
Futebol
Com papel importante, Fábio Santos fala sobre retorno ao Corinthians em 'momento diferente'
Futebol
Grêmio entra com pedido de anulação do jogo no STJD e quer afastamento de Gaciba
Tricolor alega que mudança de arbitragem ocorreu de "forma unilateral" e influenciou em quatro lances capitais da partida contra o São Paulo
Futebol
Goleada para o Flamengo escancara problema naquilo que o Corinthians já teve de bom
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE