Marcio Fernandes busca apoio em Brasília para viabilizar Projeto Esperança Olímpica


PUBLICIDADE

ASSESSORIA

O senador Waldemir Moka (PMDB) vai buscar recursos do Ministério do Esporte para viabilizar financeiramente o Projeto Esperança Olímpica, idealizado e realizado em Mato Grosso do Sul pelo deputado estadual Marcio Fernandes (PTdoB), em parceria com o vereador da Capital, João Rocha (PSDB). Marcio Fernandes esteve nesta semana em Brasília (DF), aonde foi para buscar o apoio do senador.

O projeto consiste em levar gratuitamente aulas de judô para 2,5 mil crianças e adolescentes nos bairros de baixa renda em Campo Grande e também no município de Terenos. Em Brasília, o deputado esteve acompanhado pelos dois coordenadores do projeto, Carlos Rocha e Igor Rocha.

Uma das razões que favorecem a celebração de convênio com o governo federal, segundo o deputado, é o fato de o projeto, que já existe há mais de quatro anos, promover a revelação de nomes que estão se destacando em âmbito nacional no judô. Tendo em vista que o Brasil sediará em 2016 pela primeira vez os Jogos Olímpicos, o País precisa investir na formação e revelação de atletas.

Resultados – O Projeto Esperança Olímpica já tem gerado resultados positivos quanto à revelação de talentos, reforça o coordenador Carlos Rocha, além de todos os benefícios sociais também garantidos. Para mencionarmos apenas o ano de 2010 e competições oficiais, destacam-se os seguintes resultados: Vinícius Farias, campeão brasileiro sub-13 e terceiro colocado pan-americano; Vitória Andrade, campeã brasileira sub-13 e vice-campeã pan-americana; Layana Colman, campeã brasileira sub-15, vice-campeã pan-americana e vice-campeã das Olimpíadas Escolares.

O projeto revelou também Ana Carla Grincevicus, campeã brasileira sub-17 e campeã das Olimpíadas Escolares; Larissa Farias, vice-campeã brasileira e campeã sul-americana, e Caique Keltoni, campeão das Olimpíadas Escolares.

O projeto conta ainda com diversos atletas classificados para disputar a seletiva do Mundial e Pan-Americano 2011, nas categorias sub-17, sub-20.

Marcio Fernandes disse que embora o projeto esteja em execução, ele não obtém os recursos necessários para a sua manutenção e desenvolvimento.

Além dos resultados em competições, figuram ainda como objetivos do projeto a melhoria no rendimento escolar de crianças e adolescentes a partir do desenvolvimento de atividades esportivas; educar e sociabilizar as crianças e adolescentes das comunidades de baixa renda em situação de risco social por meio do esporte, buscando melhorar sua saúde, qualidade de vida e conduta moral.

A iniciativa visa ainda reduzir o índice de evasão escolar e ao mesmo tempo estimular a melhoria no desempenho escolar e afastar as crianças e adolescentes das drogas.

O vínculo do deputado Marcio Fernandes com o esporte vem de longa data, já que ele praticou judô desde os cinco anos de idade até o início da idade adulta, tendo chegado à faixa preta (segundo dan).

Política – Aproveitando a ocasião de estar em Brasília, o deputado Marcio Fernandes se encontrou com o deputado federal e presidente nacional do PTdoB, Luiz Tibé (MG), com quem discutiu os rumos do partido no País e em Mato Grosso do Sul.

A intenção, segundo Marcio Fernandes, é promover a expansão da legenda pelos municípios do Estado.

O deputado Marcio Fernandes também participou de reunião no Congresso que tratou da discussão da reforma política no País.




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE