PUBLICIDADE

'Dinheiro ou a vida': motociclista leva facadas e pedradas de travestis

Vítima foi derrubada de moto, teve mãos perfuradas e procurou socorro em UPA

| CAMPO GRANDE NEWS


Motociclista foi atendido na UPA Leblon. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)
PUBLICIDADE

Motociclista, de 56 anos, foi espancado por três travestis na madrugada desta sexta-feira (4) no Bairro Guanandi, em Campo Grande. A vítima sofreu corte nas duas mãos e lesões pelo corpo.

 

À polícia, o motociclista contou que segua pela Rua Barra Mansa, por volta da meia-noite, quando foi atacado pelas travestis. Segundo a vítima, elas disseram que queriam dinheiro ou 'pagaria com a vida'.

 

O motociclista teve as duas mãos perfuradas por uma faca e acabou caindo do veículo. No chão, o homem foi agredido com vários chutes na cabeça e pelo resto do corpo.

 

A vítima teve a carteira com os documentos pessoais e aproximadamente R$ 100 roubados pelo trio. Ao levantar, ela conseguiu subir na motocicleta e foi atingida a pedradas na cabeça.

 

Com vários ferimentos, o motociclista procurou a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Leblon. As travestis não foram encontradas.



LEIA MAIS

MS
Homem é preso em cartório com CNH falsa e diz que comprou documento
Funcionários desconfiaram do documento e acionaram a polícia
MS
Sem autorização, construtora demoliu ‘box’ de comerciante e é condenado a pagar R$ 20 mil por demolir imóvel na madrugada
Empresa foi condenada a pagar R$ 20 mil em indenizações
MS
Máxima ganhá barreira contra arremesso de droga e celular
Inicio das obras depende de quando a Penitenciária da Gameleira unidade 2 será ativada para ser feita remoção de internos
MS
Espancado, jovem acorda no Inferninho mais de 16 horas depois
Vítima acordou próximo a cachoeira e conseguiu chegar até rodovia, onde pediu socorro
MS
Acusado de maus-tratos diz que comprava cavalos debilitados para ‘engorda’
Ele abandonou cavalos feridos, com parasitas e sem alimento
MS
Empresário de MS é preso acusado de chefiar quadrilha de fraude em seguros
Operação da Polícia Civil em três estados prendeu organização criminosa que fraudava indenizações e seguros
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE