PUBLICIDADE

Estelionatário que aplicou golpe de R$ 32 mil em idoso é preso em flagrante

O homem foi preso em Três Lagoas após um golpe e já fez vítimas em outros estados

| MIDIAMAX


Foto: Divulgação/ Polícia Civil de Três Lagoas.
PUBLICIDADE

Na última sexta-feira (22), um homem de 25 anos foi preso em flagrante por aplicar estelionatos em idosos. O estelionatário foi capturado pela Polícia Civil em Três Lagoas, a 326 km de Campo Grande. Um dos golpes foi aplicado na última quinta-feira (21) e o prejuízo ao idoso foi de R$ 32 mil.

O preso já havia aplicado pelo menos quatro golpes em pessoas com mais de 60 anos. De acordo com a equipe da Polícia Civil do município, os estelionatos aconteciam por meio de ligações telefônicas.

Assim, os estelionatários ligavam para as vítimas, se identificavam como funcionários de bancos e afirmavam que os cartões de créditos das vítimas haviam sido clonados. Então, os criminosos pediam para que os idosos e pediam para que colocassem o cartão em um envelope, que seria entregue a um integrante da quadrilha.

Dada as instruções, um dos estelionatários visitava a residência, se passava por agente de segurança do Banco Central e fazia o recolhimento do cartão. Já com os cartões e senhas, a quadrilha fazia compras em máquinas de cartão de crédito, vinculadas a própria organização criminosa.

 

Prisão
Então, o home foi preso após investigações apontarem o local em que ele estava hospedado. A prisão foi realizada em flagrante, no momento em que ele retornava de mais um golpe. Além disto, foram encontradas três maquininhas de cartão de crédito e alguns dos cartões dos idosos.

 

Por fim, o autor ainda confessou já ter aplicado golpes em Ji Paraná (RO), Cuiabá (MT) e Rondonópolis (MT). A Polícia Civil afirmou que deve continuar as investigações, para identificar os outros integrantes da quadrilha. Para as vítimas que sofreram o golpe, a equipe policial solicita que realizem boletim de ocorrência, caso ainda não tenha sido feito. As investigações continuam visando identificar os demais integrantes dessa organização criminosa.

 



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE