PUBLICIDADE

Três são detidos e polícia desarticula rede de comércio de drogas em cidade de MS

| DOURADOS NEWS


Foto: Divulgação - PM MS
PUBLICIDADE

Por volta das 11h da manhã desta quarta-feira (4), a equipe da Polícia Militar recebeu denúncias anônimas de que duas pessoas teriam alugado uma casa na Rua Manoel Antônio Paes de Barros, no município de Aquidauana (MS).

 

Diante da informação, a equipe iniciou um policiamento ostensivo e preventivo pelo perímetro, onde flagrou uma motocicleta deixando a casa em alta velocidade. O motociclista acelerou quando viu a movimentação da viatura policial, mas foi abordado em seguida.

 

Durante a revista pessoal, foram encontradas três porções de 20 gramas de maconha, que seriam vendidas por R$ 50,00. O condutor da motocicleta, de 22 anos, disse que se associou a um amigo e alugou uma casa para vender drogas. Contra ele havia um mandado de prisão em aberto.

 

Conforme informações policiais, os militares seguiram para a residência e foram recebidos pelo então sócio do autor. O indivíduo de 18 anos foi indagado sobre os fatos, confirmou e autorizou a revista domiciliar. 

 

No interior da casa, foi encontrado 120 gramas de maconha, divididas em pequenas porções, uma porção de 5 gramas de cocaína e 0,5 gramas de pasta base de cocaína e R$ 274,00 em cédulas fracionadas. Os autores confessaram que guardaram uma parte da droga em outra casa.

 

Com a nova demanda, a equipe PM deslocou até o endereço informado e foram recebidos por um adolescente de 17 anos. Ele confirmou que a casa funciona como depósito de entorpecente. Com a permissão do morador, os policiais fizeram a busca domiciliar e encontraram uma balança de precisão e uma porção de 19 gramas de maconha. 

 

Além disso, foi encontrada uma arma de fogo artesanal adaptada para calibre .22 e um equipamento manufaturado concebido para efetuar disparos de calibre .22, além de 20 munições do mesmo calibre.

 

Diante dos fatos, duas pessoas foram presas e uma apreendida. Autores e objetos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Aquidauana para as devidas providências.
 



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE