PUBLICIDADE

O esporte para Mulheres

| DIVULGAçãO


O futebol é o esporte mais popular do mundo, com muitos adeptos e aficionados e considerado até como uma paixão nacional em países como o Brasil. Inicialmente praticado por homens, a modalidade despertou tardiamente para as mulheres, que atualmente possuem um maior número de pontos na classificação da FIFA do que os times masculinos.

 

Restrito por lei em alguns países, a prática feminina vem enfrentando resistência devido aos fatores históricos desde a sua liberação. A diferença entre homens e mulheres no campo se torna amplamente visível ao compararmos salários, audiência e reconhecimento em eventos da modalidade.

 

A saída das mulheres das arquibancadas para o campo, representa a sua luta por igualdade de gênero, em um lugar onde o a desigualdade de gênero encontra-se enraizada e propagada por torcedores, comentaristas e demais envolvidos Ao entrar em campo o time feminino tem como objetivo além de vencer a partida e alcançar os seus objetivos profissionais, romper com estereótipos de que “futebol é coisa de homem”. É abrir espaço para que meninas de todo o mundo conheçam e despertem o interesse pela modalidade, e assim dêem continuidade ao legado do futebol feminino com excelência.

 

A desvalorização e falta de incentivo são os principais obstáculos enfrentados pela prática e isso deve em parte as nossas raízes culturais. Por exemplo, é comum quando criança, o menino brincar de bola, sonhar em ser jogador e ser incentivado pelos pais a seguir no esporte, enquanto que, quando temos uma menina na mesma situação ela é incentivada a seguir por outro caminho, escolher algo “mais feminino”.

 

Um pensamento compartilhado tanto por homem como por mulheres é de que “jogadoras de futebol são menos femininas” e que meninas que jogam serão associadas a uma imagem masculina. O que torna comum casos em que atletas são destratadas em campo por estarem usando maquiagem, pois causam “estranheza” no público e mancham a imagem do futebol. Quando questionada sobre a temática, a jogadora brasileira Marianna Moreno expôs “ Eu amo futebol e isso não me faz menos feminina, menos mulher, menos eu. Bonito mesmo é ver mulheres dominando espaços que eram predominantemente masculinos e dando um show.”

 

Visando comemorar o dia internacional da Mulher, o time da casa de aposta Betway descolou um Quiz com O time Betis Féminas  com perguntas sobre Futebol relacionado ao time. Ao fim do Quiz, as jogadoras demonstraram muito conhecimento e também deixaram claro quais suas expectativas para o futebol em geral e quais os seus objetivos diante do Time Betis Féminas.

 

Vale ressaltar que O futebol feminino é um dos importantes instrumentos para meninas e mulheres que lutam por igualdade e reconhecimento, que constroem um futuro sem esquecer dos eventos passados. Como dito por Marta “O futebol feminino depende de vocês para sobreviver. Pensem nisso, valorizem mais.”



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE