PUBLICIDADE

Presa por assassinato do namorado em MS, mulher diz que estava ‘decidida a matar’

Homem foi atingido por um golpe de faca após discussão

| MIDIAMAX


Alberto foi atingido por facada e não resistiu | Imagem: Leitor Midiamax / Via WhatsApp
PUBLICIDADE

A mulher de 37 anos, presa acusada pelo assassinato do namorado, Alberto dos Santos, de 44 anos, disse à polícia que estava decidida a matar o companheiro. Segundo ela, o motivo do crime foi vingança, pois sofria violência doméstica. O caso aconteceu na madrugada desta quinta-feira (25), na cidade de Iguatemi.

 

Em depoimento à Polícia Civil, a mulher, que não terá a identificação divulgada, disse que foi até o local onde o namorado estava, em frente à casa dele, decidida que iria matá-lo. Nessa residência, ele ingeria bebidas alcoólicas com amigos, quando passou a discutir com a mulher.

 

Eles saíram da casa e foram para o meio da rua, momento em que a autora pegou uma faca e desferiu no namorado. Ele foi atingido na altura da clavícula e ainda conseguiu caminhar por poucos metros. No entanto, não resistiu e morreu.

 

A autora fugiu, mas foi localizada pela Polícia Civil poucas horas depois, ainda na manhã desta quinta-feira (25). Ela confessou o crime e alegou ter agido por vingança, já que vinha sendo vítima de violência doméstica pelo namorado. A mulher foi autuada pelo crime de homicídio simples.



LEIA MAIS

Capital
Menino de 5 anos escapa sem ferimentos graves após ser atropelado por carro em MS
Capital
Não perca a viagem: Saiba o que abre e fecha neste feriado de Tiradentes em Campo Grande
Comércio e supermercados abrem as portas nesta quarta-feira
Capital
Onça-parda é resgatada em estado grave após ser atropelada na BR-163 em MS
Felino foi encaminhado para o Cras, em Campo Grande
Capital
Campo Grande registra 107% de superlotação das UTIs Covid-19 nesta segunda-feira
São 24 pessoas atendidas além da capacidade
Capital
PM encerra festa clandestina com 80 pessoas e DJ em MS
Público se dispersou logo após chegada dos policiais
POLICIAL
Amigos combinam arrastão em Campo Grande após serem demitidos de fazenda
Roubaram carro, celulares, uma loja na região do bairro Tijuca
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE