PUBLICIDADE

A Páscoa 2021 deve ser mais fraca do que foi a Pascoa 2020 (ÁUDIO)

| AGêNCIA 2/ MILENA ABREU


Foto: Istock
PUBLICIDADE

A expectativa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, a CNC, é de queda de 2,2% nas vendas relacionadas à data.

 

A queda é bem menor do que a observada no ano passado, quando a retração foi de quase 30% em relação ao 2019,

 

Este ano, a Páscoa que é considerada a quinta data mais importante do varejo brasileiro deve movimentar 1 bilhão, 620 milhões de reais este ano, o menor volume desde 2008.

 

De acordo com a CNC, os impactos da pandemia na renda da população e o fechamento do comércio às vésperas do feriado da Páscoa explicam a baixa expectativa.

 

Para o presidente da Confederação, José Roberto Tadros, o segmento ainda depende muito do consumo presencial, o que compromete o desempenho na atual conjuntura.

 

Ele avalia que, apesar de todos os avanços recentes, ainda existe uma  grande dificuldade de adaptação das vendas on-line para a compra de itens como chocolate e ovos de Páscoa e produtos de supermercado.



LEIA MAIS

Geral
Nova Lei abranda infração para motociclistas sem viseira ou óculos de proteção
Geral
Dani 'senta com carinho' sucesso em rede social, é comparada com rainha Elizabeth
Jovem faz sucesso com coreografias e foi comparada a rainha
Geral
Brasília completa 61 anos e encara o desafio da maturidade
Novo estilo de vida marca o aniversário da capital
Geral
Câmara aprova projeto de lei que torna escolas serviços essenciais
Projeto prevê reabertura da educação básica e superior
Geral
Corpo é encontrado ao lado de carro trancado
Homem não tinha marcas de violência, não há detalhes sobre o que aconteceu
Geral
Como a evolução do ambiente regulatório favorece a implantação do Open Banking no Brasil
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE