PUBLICIDADE

Ex-morador de Angélica, Maicon Bogaz morre vítima de Covid

| IVINOTICIAS / SBNOTICIAS


Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Internado há mais de 20 dias para tratamento de Covid-19 morreu nesta quarta-feira (31), o caminhoneiro Maicon Pavarin Bogaz, de 32 anos, conhecido popularmente como "Carneirinho” que morava no Jardim Dona Regina, em Santa Bárbara d´Oeste e ex-morador de Angélica.

 

No dia 9 de março, amigos e familiares fizeram apelos nas redes sociais para conseguir uma vaga de UTI para o paciente, que estava internado no Pronto-Socorro Dr. Edison Mano.

 

Segundo Andressa Galiciani, no dia 4, Maicon começou a ter sintomas de gripe, falta de paladar e de apetite. O paciente procurou o pronto-socorro municipal e foi liberado. No sábado (6), a situação se agravou e ele passou a ter dificuldade para respirar e dores nas costas. Novamente, procurou o Pronto-Socorro Edison Mano e explicou o que estava sentindo e pediu se era possível fazer exames para ver a situação dos pulmões e o médico que o atendeu disse que não era necessário, pois Covid só mata gente velha (palavras do médico). Com o estetoscópio, ouviu os pulmões dele e o dispensou.

 

No domingo (7), já não aguentando mais, Maicon voltou ao pronto-socorro com dores nas costas e quase incapaz de respirar, o médico o encaminhou para o oxigênio e pediu uma tomografia dos pulmões. O exame foi feito na segunda-feira (8) e o resultado saiu no dia seguinte (9), comprovando que 75% dos pulmões estavam comprometidos pela doença. Maicon foi intubado na emergência até ser transferido para a UTI. Infelizmente, depois de 3 semanas internado, não resistiu.

 

Natural de Ivinhema (MS), Maicon era filho de Laurindo Bogaz Hernandes e Cleide Pavarin Bogaz. Ele foi velado por duas horas em Angélica cidade que deixou há cerca de 4 anos, seu sepultamento foi realizado no Cemitério Municipal de Angélica.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE