PUBLICIDADE

Auxiliar de enfermagem é processada por tentar empréstimo com RG falso em shopping de MS

Ela foi indiciada, denunciada e responde em liberdade

| MIDIAMAX


Documentos falsos - Foto Ilustrativa
PUBLICIDADE

Uma auxiliar de enfermagem está sendo processada por tentar obter empréstimo usando documento falso em uma agência bancária de Campo Grande. Ela já foi indiciada pela Polícia Civil, denunciada pelo MPMS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) e, conforme divulgado no Diário da Justiça desta quinta-feira (08), disponível para consulta pública, foi intimada para apresentar as alegações finais no prazo de cinco dias.

 

A mulher responde em liberdade. Consta nos autos que o crime ocorreu em dezembro de 2018. No dia 12 daquele mês, junto com a filha, a autora foi a uma agência bancária localizada no Shopping Norte Sul Plaza. Lá, usando um RG (Registro Geral) falso, com um nome parecido com o dela, abriu uma conta. No entanto, a atendente desconfiou da ação, tendo em vista que a autora não tinha nenhum vínculo com a instituição financeira e já falava obtenção de crédito como empréstimos e linha de financiamento.

 

A autora foi informada que a documentação havia sido encaminhada para análise e que assim que estivesse tudo pronto ela seria informada. No entanto, a Polícia Civil foi informada e, quando a mulher voltou à agência pela segunda vez, para dar continuidade aos procedimentos, acabou sendo presa em flagrante. O RG apreendido com ela foi encaminhado para perícia, que atestou a falsificação. 

 

Durante o inquérito policial, ela não deu detalhes sobre o crime. Contudo, em juízo negou a prática delitiva, informando que a funcionária do banco ligava insistentemente para que a mesma finalizasse a abertura de conta, motivo pelo qual foi até o local a fim de pedir o cancelamento. Disse ainda que não apresentou o documento falso e que, iria jogá-lo. A Justiça aguarda as alegações finais para que seja encaminhado o julgamento.



LEIA MAIS

MS
Corpo de Bombeiros captura jararaca no centro de cidade em MS
Não houve feridos
MS
Menor é pego transportando 460 quilos de maconha
MS
Comerciante usa medo de injeção para estuprar menino de 7 anos em Vicentina
Justiça manteve pena de 9 anos de prisão e indenização de R$ 20 mil por estupros ocorridos em Vicentina
MS
Casal denuncia vizinho por injúria e perseguição em cidade de MS
Acusado foi preso por agentes da Guarda Municipal de Dourados
MS
Polícia conclui que encontrada carbonizada foi morta por esganadura e estuprada por dois em MS
MS
Briga durante confraternização termina com 3 esfaqueados e um preso em MS
Autor teria discutido com parente de mulher que havia ido visitar na cidade
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE