PUBLICIDADE

Motorista não consegue frear, bate em viatura da polícia e capota em Campo Grande

Uma passageira de 64 anos que estava na viatura sendo levada para um procedimento acabou com ferimentos leves

| MIDIAMAX


foto: midiamax
PUBLICIDADE


Um motorista que seguia pela rua Panamericana, no bairro Danúbio Azul, em Campo Grande, acabou causando um acidente com capotamento ao bater em uma viatura descaracterizada da Polícia Civil. Uma idosa de 64 anos foi socorrida com ferimentos leves e levada para uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

 

A viatura descaracterizada seguia pela rua Panamericana quando no cruzamento com a rua Fagner Jorge Bortoto Garcia parou na sinalização de Pare, sendo que o motorista de um Ford Fiesta, que vinha logo atrás não conseguiu frear batendo na traseira fazendo com que a viatura capotasse na rua. Com o imapcto da batida, uma das rodas da viatura foi arrancada.

 

Uma idosa de 64 anos que estava na viatura policial acabou com ferimentos leves sendo socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levada para uma unidade de saúde. Segundo informações, o motorista que causou o acidente mal de Parkinson e não conseguiu frear a tempo causando a colisão.



LEIA MAIS

POLICIAL
Motorista perde controle bate em poste e casal fica preso nas ferragens em MS
Foi necessário o uso de desencarcerador para a retirada das vítimas
POLICIAL
Idosa grita por socorro e vizinhos perseguem bandido que acaba preso em CMS
Tinha pulado o muro da casa para cometer o furto
Capital
Caminhão derruba fiação e deixa moradores sem energia elétrica em MS
Fio de energia estaria encostando no chão e concessionária afirmou que priorizaria atendimento
Capital
Três são detidos por realizarem festa com 200 pessoas na Capital
Testemunhas denunciaram o estabelecimento
POLICIAL
Caminhoneiro encontra corpo com marcas de tiro jogado em córrego em MS
Caminhoneiro contou que veículo estragou em frente ao local após falha mecânica
Capital
MS recebe lote com 4 mil doses de Coronavac para aplicação da 2ª dose
Sesau pediu novas doses para completar vacinação em pessoas com a D2 atrasada
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE