PUBLICIDADE

Arma de fabricação caseira é encontra em cela de interno morto

| DOURADOS NEWS


Arma encontrada na cela - Crédito: Osvaldo Duarte/Dourados News
PUBLICIDADE

A perícia da Polícia Civil esteve na PED (Penitenciária de Dourados), na manhã deste sábado (17), para fazer os levantamentos sobre a morte do interno Thiago Loureiro de Lima, 24, morador Jardim Rassalen.

 

Conforme informado pelo Dourados News, a vítima morreu no Hospital da Vida após uma briga com o companheiro de cela Marcio Henrique Grefe, 27. O fato ocorreu dentro da cela linear 22, por volta das 3h da madrugada.

 

De acordo com informações iniciais, Marcio foi ouvido e a versão dada bate com os levantamentos feitos até agora. No local, foi encontrada uma arma de fabricação caseira que, segundo o interno, Thiago teria usado para agredi-lo.

 

Marcio relatou à polícia que a vítima teve um surto e os dois entraram em luta corporal. Em circunstâncias ainda apuradas, a cela começou a pegar fogo, momento em que a equipe da torre percebeu e acionou os agentes.

 

A partir de agora, será aguardado o laudo para saber em quais circunstâncias a vítima morreu. A princípio trabalha-se com hipótese de ele ter inalado fumaça, pois não há sinais de violência no corpo.

 

O caso segue em investigação.



LEIA MAIS

MS
Motociclista morre ao ser arrastado e motorista foge sem prestar socorro em MS
Polícia de Trânsito e Corpo de Bombeiros estão no local
POLICIAL
Ação Conjunta da PC de Ivinhema, Ponta Porã, Rio de Janeiro e PRF libera cinco motoristas que eram feitos reféns e localiza cinco caminhões que haviam sido roubados
MS
Criança de 1 ano é encontrada morta por agente de saúde em MS
MS
Ao parar veiculo em acostamento, advogado é assaltado por dupla armada em MS
Advogado teve de caminhar por 20 minutos para chegara cidade mais próxima e pedir ajuda
MS
Dono de barbearia usada para o tráfico e mais quatro são presos em MS
Porções de maconha e cocaína prontas para serem comercializadas foram apreendidas no local
MS
Jovem não paga corrida e motorista de aplicativo leva mulher para delegacia
O valor da corrida ficou em R$ 26 que foi pago pela mãe da garota na delegacia
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE