PUBLICIDADE

Bebê atropelada pelo ex-marido da mãe está em coma na UTI da Santa Casa

Estado de saúde do bebê é considerado grave

| MIDIAMAX


Carro usado pelo autor no atropelamento foi apreendido - (Foto: Idest)
PUBLICIDADE

A bebê de pouco mais de um mês de vida que foi atropelada pelo próprio pai, na cidade de Rio Verde, está em coma, intubada na Santa Casa da Capital. Ângelo Maria Felix de 51 anos está foragido.

De acordo com informações do hospital, a bebê está internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) pediátrica sedada, intubada e grave no momento. Em acompanhamento conservador devido fratura do crânio pela equipe neurocirurgia.

A bebê acabou atropelada no dia 11 deste mês, quando Ângelo atropelou o atual marido de sua ex-mulher e atingiu o carrinho onde estava a bebê, que foi lançada ao solo. Em depoimento ao delegado, a mulher em estado de choque disse que o ex-marido teria ameaçado seu atual namorado de morte, caso ele visse a vítima na casa em que o casal morava quando mantinham um relacionamento.

Ainda segundo a mulher, ela contou que em um episódio anterior Ângelo tinha sido violento com ela, e tinha medo dele. Nenhum boletim de ocorrência por violência doméstica foi registrado contra o autor. O carro usado por Ângelo para atropelar a vítima foi encontrado abandonado em uma estrada. Em buscas na casa de Ângelo, a polícia apreendeu uma arma de pressão adaptada para calibre .22. Em seguida, o veículo, Fiat Uno, foi encontrado em outra propriedade rural, situada na estada do Pindaivão, a cerca de 3 quilômetros da BR-163.

Homicídio e tentativa de feminicídio

O acidente aconteceu por volta das 17h30, na Rua Rio Grande do Sul naquele município. O casal – homem de 30 anos e mulher de 36 anos – andava pela rua com a bebê de dois meses no carrinho. Em determinado momento, o ex-marido da mulher, Ângelo, teria visto a família e avançado com o carro, um Uno vermelho, atingindo as vítimas.

Após o atropelamento, o autor fugiu do local. O homem de 30 anos foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) em estado grave e não resistiu aos ferimentos, morrendo no hospital. Já a bebê foi levada por uma testemunha até a unidade, com a mãe. Conforme informações de testemunhas, a criança foi arremessada do carrinho e caiu no chão.

Com o impacto da queda, a criança teve traumatismo cranioencefálico e vários ferimentos graves. Ela foi transferida em vaga zero para a Santa Casa de Campo Grande e, como a mãe estava em estado de choque, não teria conseguido acompanhar a bebê. A mulher passou por acompanhamento com psicóloga e o caso é investigado.

A princípio, Ângelo não aceitava o fim do relacionamento, muito menos o fato de que o homem de 30 anos tinha começado a morar junto com a ex-mulher, desde o nascimento da bebê. Ainda na terça-feira, o carro dele foi encontrado abandonado em uma fazenda, que seria de um familiar dele, e apreendido.

Equipes da Polícia Civil e Polícia Militar seguem em diligências, buscando pelo autor que ainda pode ser preso em flagrante. O caso é tratado como tentativa de feminicídio e o autor também vai responder pelo homicídio.



LEIA MAIS

MS
Motociclista morre ao ser arrastado e motorista foge sem prestar socorro em MS
Polícia de Trânsito e Corpo de Bombeiros estão no local
POLICIAL
Ação Conjunta da PC de Ivinhema, Ponta Porã, Rio de Janeiro e PRF libera cinco motoristas que eram feitos reféns e localiza cinco caminhões que haviam sido roubados
MS
Criança de 1 ano é encontrada morta por agente de saúde em MS
MS
Ao parar veiculo em acostamento, advogado é assaltado por dupla armada em MS
Advogado teve de caminhar por 20 minutos para chegara cidade mais próxima e pedir ajuda
MS
Dono de barbearia usada para o tráfico e mais quatro são presos em MS
Porções de maconha e cocaína prontas para serem comercializadas foram apreendidas no local
MS
Jovem não paga corrida e motorista de aplicativo leva mulher para delegacia
O valor da corrida ficou em R$ 26 que foi pago pela mãe da garota na delegacia
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE